Publicidade

Falsos médicos usam cimento, azeite e supercola em plásticas de bumbum

Mulher precisou ser socorrida após passar por procedimento de aumento dos glúteos. / Foto: BBC BRasil
Mulher precisou ser socorrida após passar por procedimento de aumento dos glúteos. Foto: BBC BRasil

A procura por cirurgias plásticas para aumento no bumbum virou febre nos Estados Unidos. Por ser um procedimento de alto custo, pessoas têm procurados métodos ilegais e arriscados para baratear.

Profissionais sem licença médica chegam a utilizar produtos como azeite, cimento e supercola como preenchedor de glúteos. Essas substâncias se espalham pelo corpo e causam problemas de saúde ou até a morte de seus clientes.

De acordo com a BBC Brasil, mulheres que trabalham no show business, em especial na cultura hip-hop, são os alvos preferênciais. "Mulheres com um bumbum grande ganham mais espaço, são mais respeitadas", conta Tee Ali, um agente de artistas em Londres. Ele teve uma amiga morta em 2011 por um dessas injeções. Claudia Aderotimi, de 20 anos,voou de Londres para a Filadélfia, nos Estados Unidos, para receber injeções de uma mulher que conheceu na internet.

Da BBC Brasil                                    

Comentários

Publicidade