Custom Search
quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Petrolândia: Missa de 10 anos de morte de Dr. Francisco Simões é marcada pela comoção


Com a presença de familiares e amigos, que lotaram a Igreja de São Francisco de Assis, Matriz de Petrolândia, foi celebrada na noite desta terça-feira, 5 de novembro, a Missa de 10° aniversário de falecimento de Dr. Francisco Simões de Lima, ex-prefeito do município. Foram celebrantes os padres Giovanni Malacrida e Luciano.

A emoção contagiou os presentes ao ser relembrada a história e o carisma do grande líder político. Lourival Simões, atual prefeito de Petrolândia e filho de Dr. Simões, fez comovente palestra destacando a importância do seu pai para sua família e para a comunidade de Petrolândia em geral. Bastante emocionado, o prefeito lembrou as ações realizadas no município pelo seu pai e o quanto ele era apaixonado pela cidade.

Ao final da celebração, a poetisa Aparecida Rodrigues, do Departamento Municipal de Cultura, declamou um poema em homenagem a Dr. Simões, levando muitos às lágrimas.

Dr. Simões encerrou sua carreira na vida pública detentor de um índice de 96% de aprovação, segundo dados do Ipea (Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas).

Dr. Simões faleceu no dia 5 de novembro de 2003, vítima de leucemia, uma batalha que enfrentou durante longos 25 anos. O grande tempo de convivência e luta contra a doença despertou inclusive a curiosidade de pesquisadores americanos, que levaram o ex-prefeito aos Estados Unidos para tentar descobrir como ele aguentou caminhar ao lado da enfermidade por tanto tempo, fato que lhe rendeu o apelido de “Sangue de Leão”.

Francisco Simões de Lima nasceu na cidade de Calumbi, mas foi em Paulo Afonso, na Bahia, que atuou como professor, médico, secretário de Administração e de Finanças. O trabalho desenvolvido rendeu a ele o convite para se candidatar a prefeito nas eleições de 1982 na cidade de Petrolândia, pleito que ele disputou e venceu. Ao final do mandato, o médico otorrinolaringologista assumiu o posto de chefe da Casa Civil do Governo do Estado na gestão de Miguel Arraes.

Em 1993, foi eleito vice-prefeito e voltou à vida pública na cidade de Petrolândia, terra que ele escolheu para viver e criar seus filhos. A cidade pediu e Dr. Simões foi novamente prefeito, entre os anos de 1997 e 2000, sendo reeleito em 2001.

O vice-prefeito, também médico, Antônio Marcos de Souza, sucedeu Dr. Simões, concluindo o mandato e foi reeleito em 2004. Em 2008, o então deputado estadual Lourival Simões candidatou-se e venceu a disputa à Prefeitura de Petrolândia. Foi reeleito em 2012. 


0 comentários:

Postar um comentário