segunda-feira, 23 de julho de 2018

Foto mostra piloto e copiloto de avião do deputado Bernardo Ribas Carli momentos antes de queda

Foto mostra piloto e copiloto de avião de Bernardo Ribas Carli momentos antes de queda (Foto: Luis Fernando Correa de Souza/Arquivo pessoal)
Deputado estadual Bernardo Ribas Carli (PSDB) também morreu (Foto: Pedro de Oliveira/Divulgação/Alep)
Local em que o avião caiu é de difícil acesso, em uma área de plantação de eucaliptos (Foto: Vanessa Rumor/RPC)

Momentos antes do avião cair, o copiloto Luis Fernando Correa de Souza, de 29 anos, enviou para a namorada uma foto com o piloto Laércio Tavares da Silva, de 44 anos. Os dois, além do deputado estadual Bernardo Ribas Carli (PSDB), morreram no acidente áereo na manhã de domingo (22).

De acordo com Viviane Monteiro, o namorado enviou a foto na saída do trio de Guarapuava, na região central do Paraná, para União da Vitória, no sul do estado.

O avião, porém, caiu antes de chegar ao destino final, em Paula Freitas, também na região sul.

Leila de Fátima Moreira, prima do copiloto, relatou que a última notícia que a família recebeu dele foi essa foto.

"A gente tinha uma foto que ele tinha mandado para a namorada dele, dizendo que eles tinham chegado em Guarapuava, que estava tudo bem, que amava muito ela. Foi a última notícia que a gente soube", explica.

Já Alexandra Senger, prima do piloto, disse que todos têm certeza de que Laércio "fez o máximo possível para que a tragédia não acontecesse".
A Força Aérea Brasileira (FAB) informou que começa a investigar o acidente aéreo nesta segunda-feira.

O acidente aéreo

O acidente áereo aconteceu por volta das 11h. Segundo a assessoria de Bernardo, o deputado decolou de Guarapuava, no começo da manhã de domingo, rumo a União da Vitória, também no sul do estado.

Na cidade, ele participaria da 62ª Festa dos Motoristas, na Paróquia Nossa Senhora de Salete, a convite do prefeito Santin Roveda (PR).

O local em que o avião caiu é de difícil acesso, em uma área de plantação de eucaliptos. Moradores da região contam que havia neblina no momento da queda.

Os três corpos foram retirados de lá no começo da noite, segundo a polícia, e levados ao Instituto Médico-Legal (IML) de União da Vitória, também no sul do Paraná.

Do IML de União da Vitória, o corpo de Bernardo foi levado para Guarapuava e os outros dois, para o IML de Curitiba.

Velórios e enterros

Família e amigos velam o corpo de Bernardo na Prefeitura de Guarapuava, na região central do Paraná, desde as 7h15 desta segunda-feira. O enterro está marcado para as 16h, no Cemitério Municipal de Guarapuava.

Bernardo nasceu em Guarapuava e era graduado em Administração de Empresas. Ele cumpria o segundo mandato como deputado estadual.

Já Luis e Láercio devem ser velados e sepultados entre esta segunda-feira e terça-feira (24), em Curitiba.

Luto oficial

O Governo do Paraná, Assembleia Legislativa e a Prefeitura de Guarapuava decretaram luto oficial de três dias pela morte do deputado. As bandeiras do Estado e do país ficarão a meio mastro durante o período em todas as repartições públicas.

"Em nome dos paranaenses, o Governo do Estado manifesta o mais profundo sentimento de pesar e solidariedade aos familiares do parlamentar e dos pilotos", diz a nota do Estado.

Por G1 PR e RPC Curitiba


0 comentários:

Postar um comentário