Publicidade

Cantora de 22 anos é morta a tiros durante show nos EUA



A cantora Christina Grimmie, conhecida por sua participação no popular programa "The Voice" da televisão americana, morreu na madrugada deste sábado (11) após ter sido baleada durante um show em Orlando, nos Estados Unidos. As autoridades confirmaram que ela não resistiu aos ferimentos. O suposto autor dos disparos se matou logo em seguida.

O incidente aconteceu por volta das 23h locais de sexta-feira (10) (0h de Brasília do sábado) no teatro The Plaza Live, em Orlando, quando a cantora se apresentava ao lado da banda Before you Exit.

Segundo relatos de várias testemunhas a veículos de imprensa locais, foram ouvidos quatro ou cinco disparos no final da apresentação, quando o público estava saindo do local e alguns tentavam ir aos bastidores para se encontrarem com a artista.

Grimmie, de 22 anos, também era conhecida por sua intensa atividade no YouTube, onde tem mais de 3,1 milhões de inscritos e participou do famoso programa de televisão "The Voice" em 2014, terminando em terceiro lugar. No Facebook, sua página oficial tem quase 3 milhões de curtidas.

Apoio de artistas

Assim que a notícia se espalhou, os fãs da cantora e outros artistas passaram a enviar mensagens de apoio com a hashtag #PrayForChristina (Ore por Christina, em português). No Brasil, o assunto era o mais comentado no Twitter por volta das 3h30.

"Meu coração doeu ao ouvir essa notícia... tão terrível. Orando por Christina e sua família", afirmou o cantor Nick Jonas.

"Rezando muito por Christina Grimmie. Por favor, rezem por ela”, disse a cantora Demi Lovato aos seus fãs no Twitter. Ela também questionou em seguida: "O que há de errado com as pessoas?".

Do G1, em São Paulo

Comentários

Publicidade