Publicidade

Presos por fraude na emissão de CNH no Ceará cobravam até R$ 3 mil

De acordo com PRF, quadrilha facilitava emissão de CNHs para quem não conseguia ser aprovado, incluindo pessoas analfabetas; Entre os presos na Operação Genius estão instrutores, proprietários de autoescola e servidores do Detran de Sobral (Foto: Divulgação/PRF-CE)

Uma operação cumpriu cinco mandados de prisão e oito de busca e apreensão na manhã desta quinta feira (19), em Sobral e Massapê, por fraude na emissão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Entre os presos na Operação Genius estão instrutores, proprietários de autoescola e servidores do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) de Sobral. Segundo as investigações, eles facilitavam a emissão dos documentos para quem não conseguia aprovação e chegavam a cobrar até R$ 3 mil para fornecer a habilitação.

De acordo com a PRF, as pessoas envolvidas facilitavam, por meio de atos fraudulentos, a emissão de CNHs para indivíduos que não conseguiam ser aprovados, incluindo pessoas analfabetas. Entre as fraudes, eles até ditavam a sequência das respostas dos exames.


A operação foi deflagrada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), em conjunto com o Grupo de Ações Especiais do Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do Ministério Público do Estado do Ceará. Os mandados foram emitidos pelo Juízo da 1ª Vara de Sobral.

Todos os detidos foram encaminhados ao Fórum de Sobral e responderão pelos crimes de formação de quadrilha, corrupção ativa e corrupção passiva.

Intitulado "Genius", o nome da operação remete ao jogo da década de 80, onde era gerada uma sequência de cores e o jogador precisava digitar corretamente esta sequência para continuar jogando.


O Detran informou ao G1 que vai se pronunciar por meio de nota.

G1 CE

Comentários

Publicidade