Publicidade

Vice-governador Raul Henry vai à reunião do PMDB em Brasília

Vice-governador de PE Raul Henry (PMDB)
em entrevista a Assis Ramalho

O vice-governador Raul Henry confirmou presença em Brasília nesta terça-feira (17) para participar da reunião da Fundação Ulysses Guimarães, órgão de estudos políticos do PMDB, em que será debatido o documento “Uma ponte para o futuro”.

Intitulado de “Plano Temer”, o documento foi interpretado pela revista “Veja” desta semana como o plano de governo dos peemedebistas para a hipótese de a presidente Dilma Rousseff ser afastada do governo por um processo de impeachment.

Raul irá á reunião, mas seu padrinho político – o deputado Jarbas Vasconcelos, não. Mantém-se afastado da cúpula nacional do PMDB há mais de dez anos e assim pretende continuar.

O documento do PMDB está sendo encarado como o primeiro passo que será dado pelo partido em prol do rompimento com o governo da presidente Dilma Rousseff.

A convenção nacional será em março de 2016, ocasião em que os convencionais irão decidir se
permanecem no governo ou se marcham para a oposição. Isso vai depender da economia. Se até lá Dilma acertar passo, o partido fica. Se não, não.

Por Inaldo Sampaio


Comentários

Publicidade