Publicidade

Bancada de Oposição visita corredor Leste-Oeste do Recife


O líder do PTB na Assembleia Legislativa de Pernambuco, Júlio Cavalcanti, participou nesta quinta (26) de uma visita feita pelos deputados da bancada de oposição da Casa Joaquim Nabuco ao corredor Leste-Oeste do Recife, que liga o município de Camaragibe ao centro do Recife. A obra, que faz parte do pacote de mobilidade urbana previsto para a Copa do Mundo de 2014, deveria ter sido entregue à população em janeiro do ano passado, está com apenas 80% concluída. O atraso atrapalha a vida de motoristas, pedestres, usuários do transporte público e comerciantes. Orçado em R$ 150 milhões e com as obras paralisadas desde novembro de 2014, para ser concluído o trecho custará para o Estado mais RS 20 milhões.

Durante a visita, os parlamentares constataram que há vários trechos danificados no corredor. Infiltrações, vazamentos, abandono foram alguns dos problemas encontrados pelo grupo. Nos terminais integrados que não estão funcionando, populares denunciaram que estão sendo utilizados para consumo de drogas e “motel”.

A bancada de Oposição da Casa fará um pedido de informação ao Governo do Estado para que seja repassado o novo cronograma de execução de obras do corredor Leste-Oeste. O deputado Júlio Cavalcanti destacou que o Túnel da Abolição é um dos mais comprometidos do projeto. “Não apenas a mobilidade das pessoas e o transtorno no trânsito. A obra compromete o acesso ao Museu da Abolição, uma referência da história da cultura negra no Estado. Fomos informados por funcionários que os ônibus escolares não têm mais acesso e que desde o início da obra a visitação caiu em 50%”, disse o parlamentar.

Ainda de acordo com funcionários, havia uma promessa do Governo do Estado de criar uma alternativa para que o equipamento cultural não fosse prejudicado, o que não aconteceu.

Assessoria de Comunicação do deputado estadual Júlio Cavalcanti

Comentários

Publicidade