terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Presidente da ANA propõe construção de reservatórios para resolver crise da água


O diretor-presidente da Agência Nacional de Águas (ANA), Vicente Andreu, disse hoje (10) que o Brasil precisa retomar uma política de construção de reservatórios da qual, por diversas razões, abdicou de manter em funcionamento. Entre essas razões, Andreu citou "questões ambientais que são absolutamente verdadeiras",

Em entrevista ao programa Espaço Público, da TV Brasil, Andreu comentou a crise hídrica no país, especialmente em São Paulo. "Deveríamos voltar a estudar a geografia de maneira que voltássemos a ter reservatórios", disse ele. "Isso tem impactos sobre o meio ambiente? Tem. Tem impacto sobre algumas comunidades? Tem. Mas temos que colocar do outro lado os eventuais benefícios que uma política desse tipo tem - às vezes, até para controlar enchentes", acrescentou.

De acordo com o diretor-presidente da ANA, houve uma redução de oferta de crédito pelo Banco Mundial em todos os países do chamado Terceiro Mundo, inclusive o Brasil, para a construção de reservatórios, "porque havia impacto ambiental e se criava uma imagem negativa". E, assim, "deixou-se de financiar reservatório. Mas o que está acontecendo é que se estressa mais ainda aquele reservatório existente. A sua capacidade de gerenciar uma crise não conta com água nova reservada", acrescentou.

A edição do programa Espaço Público com a entrevista completa de Vicente Andreu vai ao ar às 22h pela TV Brasil.

Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário