Publicidade

“Venda de Peixe Vivo em Feira Livre”: Projeto da Codevasf incentiva comercialização de tilápia no Piauí


Além da capacitação das pessoas beneficiadas, o projeto contempla o atendimento das condições sanitárias e da manipulação dos produtos (Fotos: Reprodução Internet)

Com o objetivo de ampliar a comercialização do pescado no estado do Piauí, sobretudo a tilápia, a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) desenvolve o projeto “Venda de Peixe Vivo em Feira Livre”. Entre as estratégias para aproximar o consumidor do produto final, estão capacitações voltadas aos piscicultores, como a que será realizada nesta terça (19), na comunidade Moreira, zona rural do município de Dom Inocêncio (PI).

No treinamento que será realizado em Dom Inocêncio, os participantes serão instruídos sobre: implantação e gestão do projeto; manejo na despesca, transporte e manutenção do peixe vivo; tipos de corte; linha de produção e técnicas para atendimento e fidelização de clientes.

“O potencial de crescimento de mercado para o pescado é imenso no Brasil. O trabalho que fazemos vai desde o desenvolvimento de pesquisa para reprodução e reposição dos peixes nos rios das bacias em que atuamos, até os arranjos produtivos locais para trabalhar junto com o pescador e melhorar a tecnologia aplicada por ele. É um trabalho muito gratificante e que produz resultados práticos de aumento de renda e qualidade de vida das famílias beneficiadas”, afirma o diretor da Área de Revitalização da Codevasf, Inaldo Guerra.

De acordo com Rafson Santos, chefe do Escritório de Apoio Técnico da Codevasf em Parnaíba, a tilápia cultivada em tanques-rede tem despontado nos primeiros lugares de produção e consumo de pescado no Nordeste, gerando emprego e renda – principalmente para pescadores e aquicultores familiares. “A Codevasf, por meio do Escritório de Apoio Técnico de Parnaíba, tem intensificado ações para aprimorar e otimizar técnicas de manejo produtivo, apresentação do pescado e do sistema organizacional das Unidades Produtivas, visando à consolidação dos empreendimentos aquícolas do estado do Piauí”, explica Rafson Santos.

Sobre o projeto

O projeto “Venda de Peixe Vivo” é desenvolvido pela Codevasf em parceria com a vigilância sanitária e secretarias municipais de agricultura e associações beneficiadas. A iniciativa visa apoiar a comercialização do pescado, principalmente a tilápia, produzido nos projetos de piscicultura apoiados pela Codevasf na região. A ideia é fornecer ao consumidor um produto de qualidade, com preço justo, além de contribuir com o aumento da receita dos produtores a partir da venda direta.

Nas barracas do projeto, os consumidores têm a oportunidade de escolher o peixe vivo que deseja, acompanhar o abate do pescado, a descamação e a evisceração. Entre os tipos de cortes oferecidos no local estão: tilápia inteira eviscerada, tilápia tronco, tilápia em posta, filé de tilápia com ou sem pele, filé de tilápia tipo borboleta e tilápia tipo churrasco.

Além da capacitação das pessoas beneficiadas, o projeto contempla o atendimento das condições sanitárias e da manipulação dos produtos, observando os materiais, utensílios e equipamentos de proteção individual (EPI) utilizados, como mesas de evisceração, luvas, facas, aventais, botas, toucas, entre outros.

Codevasf

Comentários

Publicidade