sábado, 26 de maio de 2018

Temer foi avisado sobre greve dos caminhoneiros, mas ignorou alertas


Entidades representativas dos caminhoneiros afirmam que o Palácio do Planalto foi avisado em pelo menos quatro ocasiões dos riscos de paralisação da categoria.

Em outubro de 2017, a Abcam enviou um ofício a Eliseu Padilha reclamando da alta do PIS/Cofins sobre o diesel e pedindo um mecanismo para atenuar o reajuste diário dos preços do combustível, relata O Globo.

A mesma associação enviou, em 14 de maio deste ano, um ofício a Michel Temer repetindo os argumentos do primeiro e acrescentando que a paralisação seria “inevitável” se não houvesse apoio do governo.

As informações são do Jornal O Globo


0 comentários:

Postar um comentário