sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Polícia Civil investiga caso da professora Aldenice que morreu após ser atingida por telão de LED em Sertânia, PE

 

Professora participava de uma formação quando foi atingida pelo telão de LED 
Telão de LED caiu em cima de duas pessoas durante formação para professores e deixou uma morta e um ferido (Foto: Divulgação/WhatsApp)

A Polícia Civil está investigado o caso da professora Aldenice Lúcio da Silva, de 56 anos, que morreu após ter sido atingida por um telão de LED. O acidente ocorreu durante uma capacitação de professores em Sertânia, no Sertão de Pernambuco. O secretário de Serviços Públicos do município, Renato Remígio, ficou ferido.

Nesta sexta-feira (16), a irmã da vítima, Aparecida de Fátima Lúcio, conversou com a equipe de reportagem da TV Asa Branca. "Pelo que ficamos sabendo, um grid que sustentava o telão caiu em cima da minha irmã e foi fatal. Disseram que o vento derrubou, mas acho improvável para uma estrutura daquele tamanho", disse.

Para Aparecida, a estrutura deveria estar bem presa. "Isso não é material para ser derrubado por vento. Foi uma fatalidade, um erro grosseiro, que custou uma vida. Estamos todos muito tristes, sofridos, esperando o conforto de Deus", completou a irmã da professora.


Robervânia Silva Melo, que era colega de Aldenice Lúcio, presenciou o momento do acidente. "Eu só percebi um vento leve, que não justifica a estrutura daquele tamanho ter caído. Foi um pânico geral, um susto muito grande. Pensamos que tinha sido um desmaio, que ela poderia voltar, mas não aconteceu. Foi em questão de segundos", contou.

O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Arcoverde, que irá ficar à frente das investigações. O delegado Antônio Junior informou que, por enquanto, a informação que tem é que a empresa terceirizada que estava organizando o evento é de Afogados da Ingazeira.
Entenda o caso

Uma professora morreu e o secretário de Serviços Públicos de Sertânia ficou ferido após um telão de LED cair em cima deles nesta quinta-feira (15). De acordo com a Prefeitura, o caso aconteceu durante uma formação de professores da Rede Municipal de Ensino, na Escola Municipal Etelvino Lins.

As vítimas foram levadas para o Hospital Regional de Arcoverde. Aldenice Lúcio morreu na unidade de saúde. O corpo dela será enterrado nesta sexta (16), às 16h, no Cemitério Alto a Cidade. O secretário de Serviços Públicos, Renato Remígio, recebeu atendimento e foi liberado.

A Prefeitura de Sertânia informou que prestará total apoio às famílias da vítima e do secretário, que segue em tratamento, e decretou luto de três dias.

Por G1 Caruaru


0 comentários:

Postar um comentário