Publicidade
ESTE BLOG ESTÁ EM REFORMA. AGRADECEMOS A COMPREENSÃO.

Pernambuco notifica terceira morte este ano suspeita por arbovirose


O terceiro caso suspeito de morte por arboviroses no ano em Pernambuco foi notificado em Ribeirão, na Mata Sul. O paciente é do sexo masculino e tinha 15 anos. A data do óbito foi o último dia 10. A informação de mais uma morte possivelmente relacionada à dengue, chikungunya ou zika foi divulgado nesta sexta-feira (16), no boletim semanal da Secretaria Estadual de Saúde (SES), que considera os dados até o dia 10 de fevereiro.

Além desse adolescente, estão sob investigação a morte de uma mulher, de 39 anos, natural de Moreno, que faleceu em 26 de janeiro, e a de um bebê, de 1 ano, de Iguaracy, que morreu no dai 31 do mesmo mês. Com relação às suspeitas de adoecimento por arboviroses, o volume de notificações já ultrapassou a marca dos mil casos. Foram 854 de dengue, 206 de chikungunya e 31 de zika.

Macacos

Além da vigilância de arboviroses, o monitoramento da febre amarela através da mortalidade de primatas não humanos identificou este ano 15 ocorrências (epizootias) em 13 municípios, envolvendo 24 óbitos de macacos. Esses animais foram encontrados mortos e notificados aos órgãos ambientais e de vigilância (municipais e estaduais). Até o momento, nenhum caso envolvendo macacos em Pernambuco foi diagnosticado com febre amarela. Mas nesta sexta-feira, foi confirmado o primeiro caso de febre amarela em Pernambuco após 90 anos - o paciente, porém, adquiriu o vírus em São Paulo.

Por: Portal FolhaPE

Comentários

Publicidade