Publicidade

Tentativa de assalto a banco deixa 5 mortos, entre eles um policial, e 3 feridos em Piracicaba, SP

Suspeitos são colocados em carro da PM após tentativa de roubo em Piracicaba (Foto: Claudia Assencio/G1)

Uma tentativa de assalto ao banco Bradesco na manhã desta terça-feira (4), em Piracicaba (SP), deixou cinco mortos, entre eles quarto suspeitos e um policial militar, e mais três pessoas feridas. A quadrilha foi surpreendida quando saía da agência por um PM à paisana. O óbito do quarto criminoso foi confirmado por volta das 15h pelo Hospital dos Fornecedores de Cana (HFC), onde ele estava internado.

O crime aconteceu na Avenida Rui Barbosa, a principal via de comércio da Vila Rezende, tradicional bairro da cidade. Segundo a Polícia Civil, os criminosos conseguiram entrar na agência, renderam o gerente, recolheram os malotes do cofre e, quando tentaram fugir, foram surpreendidos pelo PM à paisana, que atirou. Os suspeitos que conseguiram fugir deixaram o dinheiro no local.

Houve troca de tiros e outros dois criminosos, além do funcionário de um bar próximo ao banco foram baleados. O policial militar atingido foi socorrido, mas morreu a caminho do hospital.

Pânico

A ação criminosa causou pânico nos comerciantes, que fecharam as portas. A dona de uma loja disse que ouviu cerca de 20 disparos. “A princípio achei que era rojão, mas logo vi que o pessoal das lojas estava entrando e vi o que tinha acontecido. Foi um horror”, comentou a mulher de 56 anos, que pediu para não ser identificada.

A cabeleireira Marli Maria Zurk, de 65 anos, estacionava o carro quando os criminosos passaram atirando. “Fiquei desesperada, nunca vi uma situação dessa, só na televisão. A primeira coisa foi tentar me salvar”, relatou

Além da Polícia Militar, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), a Guarda Municipal, a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Semuttran), e a Polícia Civil foram ao local. O trânsito na avenida foi interrompido.
Suspeitos são colocados em carro da PM após tentativa de assalto a banco (Foto: Claudia Assencio/G1)

Mais suspeitos
Além dos quatro suspeitos mortos no tiroteio e dos outros dois baleados e socorridos com vida, há ao menos mais seis pessoas envolvidas no crime, segundo informações da Polícia Militar. Por volta das 12h desta terça, mais três homens que ainda estavam dentro da agência bancária foram detidos.

Há ainda um grupo com mais três ou quatro integrantes do grupo que conseguiram fugir, conforme a polícia. Eles são procurados com o apoio do helicóptero Águia na região do bairro Monte Alegre e nas proximidades da Rodovia Deputado Laércio Corte (SP-147), que liga Piracicaba a Limeira. O Águia de São Paulo também foi solicitado para ajudar nas buscas.

Do G1 Piracicaba e Região

Comentários

Publicidade