Publicidade

Laudo aponta que médico de Aldeia foi esganado até a morte


O laudo do Instituto de Medicina Legal (IML), do Recife, apontou que o médico Denirson Paes Rodrigues, de 54 anos, foi asfixiado até a morte.  informação foi confirmada pela pai do Cradiologista, Francisco Pereira, que recebeu o resultado do exame nesta segunda-feira (21).

A Polícia Civil acredita que o médico morreu no mesmo dia em que desapareceu, em 31 de maio. A esposa, a farmacêutica Jussara Rodrigues Paes da Silva, 54 anos, e o filho mais velho da casal, Danilo Paes, 23 anos, são os principais suspeitos do crime. Eles estão presos.

Leia a matéria completa>Laudo aponta que médico de Aldeia foi esganado até a morte

JC Online

Comentários

Publicidade