Publicidade
ESTE BLOG ESTÁ EM REFORMA. AGRADECEMOS A COMPREENSÃO.

Tiroteio entre PMs e traficantes termina com pelo menos sete mortos no RJ


Pelo menos sete pessoas morreram após tiroteio entre policiais do Batalhão de Choque (BPChq) e traficantes na Rocinha, na Zona Sul do Rio, na manhã deste sábado. A Polícia Militar informou em seu perfil no Twitter que os baleados chegaram a ser socorridos e levados para o Hospital Miguel Couto, mas não resistiram. O caso está sendo investigado pela Divisão de Homicídios. Segundo a PM, todos os baleados tinham envolvimento com o tráfico de drogas.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, o confronto começou quando agentes do Choque foram atacados na Rua 2 e na localidade conhecida como Roupa Suja. Foram apreendidos um fuzil, seis pistolas e duas granadas. Pelo menos uma pessoa foi presa. A Polícia Militar está em ação continuada na comunidade da Rocinha desde setembro de 2017.


O fluxo de veículos na estrada Lagoa-Barra segue sem bloqueios, mas o Centro de Operações da Prefeitura do Rio recomenda que os motoristas optem por vias alternativas. A Grajaú-Jacarepaguá e o Alto da Boa Vista têm boa movimentação.


Mais cedo, moradores usaram as redes sociais para relatar que escutaram muitos tiros e que diversos pontos da comunidade ficaram sem luz. A Light informou que aguarda condições de segurança para que os técnicos possam trabalhar no local e restabeler o fornecimento de energia no trecho interrompido. O Grupamento Aeromóvel (GAM) realiza monitoramento aéreo e o cerco na região foi reforçado.

"Muitos tiros na Rocinha...aqui a bala canta mais que o galo da manhã", escreveu uma internauta.

"Mais um capítulo da novela 'Bala comendo na Rocinha'", afirmou outra.

"Na Rocinha você é acordado às 6 da manhã, no susto, num sábado, com muita sequência de tiro e sei lá o que, sem poder pôr o nariz na janela. Bom dia!", disse mais uma pessoa.

Jornal Extra-RJ

Comentários

Publicidade