sábado, 24 de fevereiro de 2018

Operação flagra comércios vendendo gás de cozinha de forma irregular em Petrolina



Foi encerrada na última na quinta-feira (22), uma operação de fiscalização de estabelecimentos com venda de gás de cozinha. A ação, demandada pelo Ministério Público, teve objetivo de averiguar a comercialização ilegal do produto e contou com a participação da Agência Municipal de Vigilância Sanitária, Corpo de Bombeiros, Polícias Civil e Militar, e a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustível.

Foram fiscalizados 17 estabelecimentos. Do total, 10 supermercados e mercearias foram notificados pela ausência da Licença Sanitária. Os fiscais ainda apreenderam 1.465 unidades de ovos sem registro; 44 unidades de doce de leite em barra e cremoso; além de produtos com a data de validade vencida.

“Essas ações em conjunto vêm para melhorar a fiscalização no município, além de alertar os empresários sobre os perigos dessa comercialização irregular. A nossa equipe da Vigilância Sanitária está à disposição para prestar toda a assistência e orientações sobre as regras e normas que precisam ser obedecidas. Durante a operação nós notificamos os comércios e, após o prazo, voltaremos para verificar novamente a situação, caso não tenha sido resolvido iremos interditar”, explicou o diretor interino da Agência Municipal de Vigilância Sanitária, Marcelo Gama.

A população também pode colaborar denunciando na Ouvidoria do Município, através do 156, pelo número do WhatsApp (087) 9 9985-0081 ou pelo site petrolina.pe.gov.br. A Agência fica localizada na Rua São José, Nº 440, Centro.

Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Petrolina


0 comentários:

Postar um comentário