Publicidade

Morre no Rio de Janeiro de parada cardiorrespiratória o ator Sebastião Vasconcelos

O ator Sebastião Vasconcelos morreu aos 86 anos, vítima de parada cardiorrespiratória  A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do hospital israelita Alberto Sabin, na Tijuca, zona norte do Rio de Janeiro, onde ele estava internado desde do dia 30 de junho.

Com mal de Parkinson desde 2002, descoberto durante as gravações da novela "O Clone", da Globo, Sebastião vinha lutando contra uma enfisema pulmonar. Além disso, uma depressão o fez deixar de lado os tratamentos e os medicamentos.

Sebastião Vasconcellos estava sem trabalhar desde 2008, quando participou da novela "Os Mutantes", na Record. Ele sentiu mesmo o golpe quando a Globo não renovou seu contrato. Fez uns trabalhos aqui, outros ali, mas não era a mesma coisa", admitiu Vilma Costa, companheira do ator a 54 anos.

O último papel de Sebastião Vasconcellos na Globo foi Felício, no remake de "Cabocla" (2004). Na emissora, o ator participou de minisséries como "Chiquinha Gonzaga", "A Casa das Sete Mulheres", "Riacho Doce", "Memorial Maria Moura", entre outras. Ele também atuou em tramas como " Felicidade", "Anjo Mau", "Mulheres de Areia" como pai de Ruth e Raquel (Glória Pires), "Tieta" como Zé Esteves, pai da protagonista vivida por Betty Faria, "Selva de Pedra", "Andando nas Nuvens" e "Por Amor".

Sebastião começou sua carreira em Recife, em Pernambuco, onde participou da fundação do Teatro Universitário. Em 1955, o ator mudou-se para o Rio de Janeiro e em 1959 iniciou na televisão. 

Da Redação do Blog de Assis Ramalho
Fonte: Uol
Banca de Revistas Alumiar - Petrolândia, PE

Comentários

Publicidade