Publicidade

Com apoio de Humberto, Ibirajuba avança a caminho da inclusão digital

Fotos: Divulgação

O município de Ibirajuba, no Agreste de Pernambuco, tem 7.500 habitantes, uma economia basicamente voltada para a agricultura e está na linha de baixo do IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) do Estado, com 0,58. Até hoje, apenas uma empresa de telefonia móvel atende a sua população e são raras as casas que possuem internet banda larga. Mas agora, por meio de projeto do Governo Federal, que contou com emenda parlamentar do líder do PT no Senado, Humberto Costa, a cidade começou a vivenciar a experiência da inclusão digital na educação. E ela teve início com os professores.

Um total 360 tablets será distribuído para docentes das 17 escolas municipais de Ibirajuba. Com os equipamentos, os professores terão acesso a conteúdos e recursos multimídia e digitais oferecidos pelo Portal do Professor, pela TV Escola e DVD Escola. A medida faz parte de um projeto do governo Dilma para promover o uso da tecnologia como ferramenta de enriquecimento pedagógico no ensino público fundamental e médio, o ProInfo.

“Hoje, um dia depois dos dias dos professores, vivemos um momento especial. Os mestres de Ibirajuba terão um equipamento que vai se tornar importante na atividade de ensino. Os tablets vão ajudar aos docentes a se atualizar e conhecer o que há de mais moderno na área. A educação é sem dúvida uma das atividades mais nobres que nós temos na sociedade. Nenhum país consegue crescer, se desenvolver, diminuir as desigualdades, construir uma geração saudável, sem investimento em educação”, afirmou o senador.

Também presente ao evento, o prefeito do município, Sandro Arandas (PSB), fez questão de destacar o papel da educação no desenvolvimento do município e elogiou o apoio de Humberto. “Agradeço a dedicação e o carinho que o senador tem tido com o povo de Ibirajuba”, disse o prefeito.

O líder do PT no Senado lembrou, ainda, os esforços dos Governos Lula e Dilma em melhorar a educação do País. “Nós tivemos um aumento em mais de cinco vezes no orçamento do Ministério da Educação. Se levarmos em consideração a questão das escolas técnicas, por exemplo, hoje temos o dobro de instituições que tínhamos em 500 anos de história do Brasil”, explicou o senador.

Assessoria de Imprensa Senador Humberto Costa

Comentários

Publicidade