sábado, 13 de dezembro de 2014

Mais dois policial são assassinados no Rio de Janeiro

Cabo da PM Adelson da Conceição foi morto após trocar tiros com quatro bandidos que estavam em duas motos

O soldado da Polícia Militar Ari Rodrigues Pestana Junior, 35 anos, lotado no 41º BPM (Irajá) foi morto por criminosos na porta de casa por volta das 18h20 desta sexta-feira (12) em Olaria, Zona Norte do Rio. O policial lavava o carro, um Chevette, na rua Eça de Queiroz, esquina com Rua Ibiapina, próximo ao BRT Penha, quando pelo menos dois criminosos chegaram num Renault prata e atiraram contra a vítima.

Ainda de acordo com os policiais do 16º BPM (Olaria), no local do crime foram encontradas mais de 20 cápsulas de pistola calibre 380 e 9 mm. O PM morto seria filho de um coronel reformado da corporação. A Divisão de Homicídios investiga o crime. 

PM lotado em UPP foi morto em Nova Iguaçu na quinta-feira (11)


O policial militar Adelson da Conceição Júnior foi morto na noite de quinta, após trocar tiros com quatro bandidos que estavam em duas motos, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. O cabo era lotado na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Camarista Méier, na Zona Norte, e resistiu a uma tentativa de assalto.


Adelson deixava uma casa de festas na Avenida Governador Portela, onde comemorou o aniversário de sua filha, quando foi surpreendido pelos criminosos. Durante a troca de tiros, sua esposa, Patrícia Moraes do Nascimento, foi atingida no ombro e encaminhada para a Casa de Saúde Nossa Senhora de Fátima, no mesmo município. Seu estado não é grave. Outras três crianças estariam no veículo.

Um dos dois criminosos, identificado como Israel Campos Ângelo Júnior, de 19 anos, foi baleado no olho e está internado sob custódia no Hospital da Posse, no Centro de Nova Iguaçu. Seu estado de saúde é grave. O PM ainda chegou a ser levado por colegas do 20ºBPM (Mesquita) para a mesma unidade, mas acabou não resistindo Um menor de 15 anos e um revólver calibre 38 foram apreendidos. Os outros dois conseguiram fugir levando a arma do policial.

De acordo com um PM do 20ºBPM, o responsável pelos disparos que mataram Adelson foram dados pelo menor de 15 anos. Agentes da Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense realizaram a perícia no local e apreenderam o carro do policial e a moto usada pelos criminosos para serem periciados. Os agentes procuram testemunhas e imagens de câmeras de segurança instaladas na região para análise.

Jornal O Dia-RJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário