Publicidade

Primo de vice-prefeito assassinado é suspeito de ser mandante do crime


A polícia prendeu 10 integrantes de um grupo que realiza homicídios por encomenda, responsável pela morte do vice-prefeito de Cumaru. Foto: Jaqueline Almeida/NE10


Foram presos na noite dessa quarta-feira (26), dez homens envolvidos em uma organização criminosa voltada para a prática de homicídios por encomenda. Entre os presos estariam os executores do vice-prefeito de Cumaru. Os mandantes do crime, entre eles um primo do vice-prefeito, estão foragidos.

Entre os detidos, está o policial militar Eric Gustavo Alves de Souza, acusado de um ser um dos executores do vice-prefeito Marco Antônio Bezerra da Costa, conhecido como Marco de Neco. O crime aconteceu no último dia 2 de setembro em um trecho da BR 104, em Caruaru, no Agreste. A quadrilha agia em cidades como Belo Jardim, Caruaru, Sanharó e demais cidades no entorno do Agreste pernambucano.

De acordo com o chefe da Divisão de Homicídios do Agreste, delegado Bruno Vital, as investigações duraram três meses e foram emitidos mandados de prisão preventivas para os suspeitos de serem os mandantes do crime: Erivaldo Carlos da Silva, o “Val de Caruaru”, e Ricardo César Costa, primo da vítima. Ambos estão foragidos.



A polícia civil de Pernambuco realizou uma entrevista coletiva na manhã desta quinta-feira (27) para apresentar detalhes das operações Espora e Rédea Curta, que levaram à prisão do grupo.

Ainda segundo Vital, a motivação do crime permanece em sigilo para não atrapalhar o andamento das investigações, que se estendem ainda pelos próximos 30 dias. No entanto, o delegado adiantou que uma disputa por terras pode ter influenciado no assassinato.

Fonte: Blog de Jamildo

Comentários

Publicidade