Publicidade

A cada mês, nove policiais militares são mortos no RJ


A morte do soldado Anderson Senna Freire, ontem de madrugada, em Guadalupe, fez o Rio chegar a um índice alarmante: em cada um dos últimos 11 meses, em média, nove policiais militares foram assassinados — 85 em dias de folga e 18 em serviço, de janeiro até as 21h desta quarta-feira. Em 2013, 111 agentes morreram assassinados.Lotado no 41º BPM (Irajá), Anderson foi baleado na cabeça durante um ataque de bandidos.

O colega dele, o soldado Bruno de Moraes, foi ferido no ombro e está internado no Hospital Estadual Albert Schweitzer , em Realengo.De acordo com o Serviço Reservado do batalhão, os dois PMs encerrariam o serviço à 1h e retornariam para a unidade. Quando passavam pela Avenida Brasil, foram atacados por ocupantes de um Fiat Punto prata. Segundo testemunhas, os bandidos desceram do veículo disparando. Pelo menos três tiros perfuraram o vidro dianteiro e a lataria da viatura. Surpreendidos, os policiais não tiveram tempo de reagir e acabaram baleados.

Rede Brasil de Notícias

Comentários

Publicidade