quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Petrolândia: Em nota, Prefeitura defende que aumento do IPTU é irrisório diante do benefício da construção de 192 casas para famílias carentes



NOTA PÚBLICA

Externamos de maneira clara e objetiva que a proposta de isenção de ISS para a construção de 192 casas que atenderá a população carente de Petrolândia foi definida quando da apresentação da proposta junto ao Ministério das Cidades, onde tal isenção, ajuda na pontuação para a seleção dos municípios a receberem conjuntos habitacionais populares. Entendemos que a causa é nobre e, é totalmente justificável tal isenção em favor dessas 192 famílias carentes. Quanto à correção de impostos, em especial o IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano), o aumento será variável para cada residência, oscilando de R$ 5,00 a R$ 10,00 no pagamento da taxa anual, ou R$ 0,41 a R$ 0,83 mensalmente, ou IRRISÓRIOS R$ 0,01 a R$ 0,02 POR DIA, este será o impacto individual a ser pago por cada dono de imóvel no município, em contrapartida haverá um investimento da ordem de R$ 13.000.000,00 (TREZE MILHÕES DE REAIS), que gerará em torno de 200 (DUZENTOS) EMPREGOS DIRETOS para O POVO DE PETROLÂNDIA, sem contar as 192 (CENTO E NOVENTA E DUAS) CASAS POPULARES, para a população carente do nosso município.

Agradecemos de público aos Vereadores TOINHO DE EUGÊNIO, EUDES FONSÊCA, DEDÉ DE FRANÇA, DELANO SANTOS, NILSON PESCADOR e SILVIO ROGÉRIO pela preocupação com O POVO. Os vemos COMPROMISSADOS com essas famílias que terão uma casa digna para morar, saindo dos aluguéis e das condições em que hoje residem e, não muito menos, com os pais de família que vão trabalhar na construção dessas casas, sobretudo num momento onde o país está em dificuldades, principalmente na geração de empregos e renda.

Petrolândia-PE, 27 de dezembro de 2017.

PREFEITURA MUNICIPAL DE PETROLÂNDIA


0 comentários:

Postar um comentário