sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

Audiência para solucionar problemas bancários de Jataúba


O Ministério Público de Pernambuco (MPPE), por meio do promotor de Justiça Antônio Rolemberg, realizou na manhã de sexta-feira (26), uma audiência com representantes do Banco do Brasil (BB), Prefeitura Municipal de Jataúba, Câmara de Vereadores e Secretaria de Segurança (SDS) a fim de solucionar os problemas enfrentados pela população de Jataúba. A população, atualmente, precisa se deslocar até o município do Brejo da Madre de Deus para utilizar os serviços bancários do Banco do Brasil.

O Banco do Brasil encerrou suas atividades em Jataúba após investidas criminosas que fizeram uso de explosivos na agência, colocando riscos para os clientes, funcionários e a sociedade. O prefeito da cidade, Antônio Cordeiro, destacou que a população sofre pela falta do serviço do banco e que a estrutura do Brejo da Madre de Deus não suporta o crescimento da demanda.

O superintendente do Banco do Brasil, Nassib Lome, destacou na reunião que os investimentos em segurança bancária têm sido de última geração. Mesmo assim não tem inibido as investidas criminosas nas agências do Estado. Porém, o superintendente do Centro de Inteligência da SDS, Renato Márcio Rocha, disse que o órgão não recebeu do banco as informações sobre os investimentos em segurança em Pernambuco e que não houve representação na última reunião que ocorreu em novembro de 2017. Nassib Lome afirmou que os pontos debatidos serão analisados e que realizará visita nos municípios do Brejo e de Jataúba para resolver a melhoria do atendimento.

O superintendente do Centro de Inteligência da SDS disse que a segurança pública está melhorando com o investimento em pessoal, abertura de novas unidades policiais e aquisição de viaturas e armamentos. Ele ressaltou ainda que o novo efetivo estará em Jataúba em fevereiro e contará com delegado, escrivão e seis agentes policiais.

O Banco do Brasil tem 30 dias para que o pleito da abertura do posto de atendimento com a presença de funcionário seja apreciado, para agendar uma reunião com a presença do setor de inteligência sediado em Brasília, para a apresentação dos dados de investimentos em segurança pública e intercâmbio de informações com a SDS, e também para analisar a possibilidade de ampliar os correspondentes bancários em Jataúba.

MPPE


0 comentários:

Postar um comentário