Publicidade

Serra Talhada recebe projeto Municípios Seguros e Livres de Violência contra as Mulheres nesta terça



O projeto Municípios Seguros e Livres de Violência contra as Mulheres, realizado pela Delegação da União Europeia no Brasil e a Confederação Nacional de Municípios (CNM), está contemplando dois grupos de municípios, formando duas microrregiões de trabalho, uma em Pernambuco tendo como liderança Serra Talhada, englobando as cidades de Carnaíba, Tabira, Calumbi e Salgueiro e outra no Rio Grande do Norte.

Em Serra Talhada, será realizada nesta terça-feira (25) uma Oficina de Pactuação Metodológica do Projeto Municípios Seguros e Livres de Violência contra as Mulheres, com a participação do Núcleo de Apoio à Mulher do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e a 1ª Promotoria de Justiça do município. O projeto tem por objetivo delinear novas estruturas de discussão e novas políticas locais, que propiciem melhor segurança e apoio às mulheres vítimas de violência.

O evento está sendo promovido pela Secretaria da Mulher de Serra Talhada em parceria com as prefeituras de Carnaíba, Tabira, Calumbi e Salgueiro, e acontecerá das 9h às 17h, no Hotel São Cristovão.

O município de Serra Talhada foi escolhido pelo compromisso assumido perante o MPPE, por meio da assinatura do Termo de Compromisso e Cooperação Técnica, de implementar a Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher, estreitar o intercâmbio de informações e experiências entre seus integrantes e promover ações convergentes para a ampliação dos mecanismos de proteção existentes no âmbito da Lei n°11.340/2006, Lei Maria da Penha.

NAM – O Núcleo participará de outros eventos dentro dos 16 dias de ativismo de enfrentamento à violência contra a mulher, de 25 de novembro a 10 de dezembro, que se inicia no Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra a Mulher e termina no Dia Internacional dos Direitos Humanos. No dia 4 de dezembro, o NAM e a Escola Superior do MPPE realizarão o I Curso sobre Violência de Gênero contra a Mulher. No dia seguinte, será a vez da Capacitação Lei Maria da Penha – Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher e as Questões de Gênero, na sede do Movimento Pró-Criança (MPC) – Unidade Recife Antigo, para as mães dos alunos do MPC.

Fonte: MPPE

Comentários

Publicidade