quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

TelexFree vai patrocinar o Botafogo em 2014

Logomarca da Telexfree é estampada na barra frontal
 e no peito da camisa alvinegra

O Botafogo anunciou na manhã desta quinta-feira a parceria com a Telexfree. A empresa americana teve suas operações bloqueadas judicialmente no Brasil em 2013 após ser denunciada pelo Ministério Público do Acre (MP-AC) por suspeita de atuar sob esquema de pirâmide financeira. Ela estampará sua logomarca na barra frontal e no peito do uniforme alvinegro. O valor do patrocínio, que terá duração de um ano, não foi divulgado.

O contrato assinado em Miami, nos Estados Unidos, contou com a presença do diretor comercial Ayrton Mandarino e com a diretora jurídica Joana Prado, em vídeo produzido e divulgado pela Telexfree, que pretende vender no Brasil a telefonia VOIP - chamadas telefônicas realizadas dentro de uma rede de dados IP (internet ou rede interna), reduzindo os gastos. Mas na apresentação do patrocínio, em General Severiano, o clube mostrou não temer a associação de sua imagem à empresa, garantindo que o acordo foi selado sem qualquer irregularidade.

Diretor de tecnologia da Telexfree, o brasileiro Carlos Wazeler procurou, em seu discurso, desassociar a matriz americana da empresa brasileira Ympactus Comercial Ltda. ME, representante da Telexfree no Brasil e alvo de investigação do Ministério Público do Acre.


- O acordo com o Botafogo foi fechado com a Telexfree internacional, não tem nada a ver com a Ympactus no momento. Acho uma covardia não termos a oportunidade de dizer quem é a empresa. Acredito na Justiça brasileira, e vamos resolver isso em pouco tempo.

Os representantes da Telexfree também mostraram-se pouco preocupados com o fato de a empresa patrocinar um clube brasileiro mesmo sem ter o direito de operar no país.

- A Telexfree opera no mundo inteiro, somente no Brasil é que ainda não. O Botafogo está no mundo inteiro - disse Carlos Wazeler.

Fonte: Globoesporte.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário