Publicidade

Governo Temer suspende Fies, Prouni e Pronatec em nove universidades brasileiras, avisa Humberto


O Ministério da Educação e Cultura (MEC), por intermédio da Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior, suspendeu novos contratos, em alguns cursos, do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) de nove faculdades, sendo duas em Pernambuco. No Diário Oficial da União (DOU) dessa quarta-feira (18/05), essa portaria de nº 198 foi divulgada trazendo mais uma medida que segue na contramão dos avanços sociais, marca dos governos Lula e Dilma, que levaram mais dignidade ao povo brasileiro nos últimos 13 anos.

“É impressionante que a cada dia que passa esse governo ilegítimo e golpista se aprimora em seu pacote de maldades. Agora, o presidente provisório e sem voto Michel Temer, vai começar a desmontar uma das áreas mais importantes do governo, a Educação. É inconcebível aceitar a suspensão de programas como o Fies, Prouni e o Pronatec”, bradou o líder do Governo Dilma no Senado Humberto Costa.

O DOU prevê também a suspensão da participação em seleção para ofertas de bolsas do Programa Universidade para Todos (Prouni) e ainda a restrição na participação no Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) para as mesmas instituições. Além disso, outras três universidades receberão penalidades por parte do MEC.

As instituições alvo das punições estão localizadas nos estados de Pernambuco, Paraíba, Bahia, Mato Grosso, Tocantins e São Paulo prejudicando, com essa medida, centenas de estudantes brasileiros. Em Pernambuco, as universidades atingidas foram a Escola Superior de Relações Públicas (Esurp), em Recife e a Faculdade José Lacerda Filho de Ciências Aplicadas (Fajolca), em Ipojuca.

Assessoria do Senador Humberto Costa

Comentários

Publicidade