quarta-feira, 10 de outubro de 2018

PF cumpre ação contra vídeos que circularam nas redes sociais nas eleições

Ao todo, são três ações simultâneas para investigar e coibir crimes relacionados às eleições deste ano (Reprodução)

A Polícia Federal desencadeou na manhã desta quarta-feira (10), três ações simultâneas para investigar e coibir crimes relacionados às eleições deste ano. Estão sendo cumpridos mandados de busca e apreensão no Paraná, e a lavratura de dois Termos Circunstanciado de Ocorrência em São Paulo e Sergipe.

De acordo com a corporação, as ações pretendem aprofundar as investigações sobre vídeos que circularam nas redes sociais durante o primeiro turno das eleições, em 7 de outubro. Elas fazem parte do trabalho de acompanhamento efetuado pela PF de identificar e afastar possíveis ameaças no processo eleitoral de 2018.

No caso do Paraná, os investigados poderão responder pelos crimes de violação de sigilo do voto e porte ilegal de arma. No caso de Sergipe e São Paulo, pela incitação de crime contra candidatos.

Vídeos criminosos

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) avisou em 7 de outubro, que o tribunal irá investigar vídeos e imagens postados em redes sociais, na qual internautas aparecem com armas de fogo ao lado das urnas eletrônicas, mostrando o voto no candidato Jair Bolsonaro (PSL) durante o primeiro turno das eleições. Em um dos vídeos circulados, o eleitor digita os números 1 e 7 e a tecla “confirma” com um revólver.

Correio Braziliense


0 comentários:

Postar um comentário