quarta-feira, 9 de maio de 2018

Exame aponta lesão e Daniel Alves pode não jogar estreia da Copa

De preto e boné, Daniel Alves entra na clínica para fazer exames no joelho em Paris (Foto: Alexandre Oliveira/SporTV)

O lateral-direito Daniel Alves sofreu um estiramento no joelho direito durante a vitória do PSG por 2 a 0 sobre o Les Herbiers, na final da Copa da França. Não há necessidade de cirurgia em um primeiro momento, mas o período de recuperação pode se tornar um empecilho para sua participação na Copa do Mundo. Sua presença na estreia do Brasil, dia 17 de junho, contra a Suíça, por exemplo, seria incerta neste momento por causa do prazo.

- Sua condição requer um mínimo de três semanas de cuidados antes de nova avaliação - informou a assessoria do jogador em nota oficial.

Em nota oficial, o Paris Saint-Germain disse que o exame mostrou ''uma alta desinserção do ligamento cruzado anterior com entorse póstero-externo''. Segundo o clube, só daqui a três semanas, no fim de maio, é que será possível reavaliar a necessidade de cirurgia.

Confiança na recuperação

Daniel Alves achava que o problema no joelho tinha sido mais grave e está otimista na convocação. Serão três semanas de trabalho intensivo para evoluir até a reavaliação. Se for chamado por Tite, é muito provável que o lateral-direito passe boa parte da etapa de preparação em recuperação, com o departamento médico. Dificilmente ele teria condições de disputar os amistosos dos dias 3 e 10 de junho, contra Croácia e Áustria, respectivamente.

Ainda assim, sua convocação é bastante considerada porque Daniel Alves é um dos mais importantes jogadores da Seleção. Aos 35 anos, tem sido escolhido por Tite o capitão nos jogos de maior peso, como os recentes amistosos diante de Inglaterra e Alemanha. Antes, ele já havia usado a faixa contra Argentina e Colômbia, ambas pelas eliminatórias da Copa.

As opções

A lateral direita já tinha uma vaga aberta na convocação da seleção brasileira. Fagner (Corinthians), Danilo (Manchester City) e Rafinha (Bayern de Munique) disputavam o posto de reserva de Daniel Alves. Caso o titular não seja convocado, eles brigarão por duas vagas na lista de segunda-feira.

O veterano tenta disputar sua terceira Copa do Mundo. Ele esteve na África do Sul (2010) e no Brasil (2014), chegando às quartas de final e, posteriormente, à semifinal.

G1 Paris e São Paulo


0 comentários:

Postar um comentário