quinta-feira, 11 de outubro de 2018

MDB decide ficar neutro na disputa do segundo turno para presidente

Jucá deu entrevista após reunião do MDB em Brasília — Foto: Laís Lis/G1

O presidente do MDB, senador Romero Jucá (RR), anunciou nesta quinta-feira (11) que o partido decidiu não apoiar nenhum dos dois candidatos na disputa do segundo turno para Presidência da República.

A decisão foi comunicada por Jucá em uma entrevista para a imprensa em um hotel de Brasíllia.

O segundo turno, marcado para o dia 28, será disputado por jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT).

No primeiro turno, o MDB lançou candidato próprio: o ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles. Ele ficou em sétimo lugar, com 1,20% dos votos válidos.

Nesta semana, diversos partidos decidiram o posicionamento para o segundo turno. A maioria, como o MDB, optou pela neutralidade (veja a lista completa aqui).

“Conversei com a maioria do partido, a bancada federal da Câmara também foi consultada, e nós estamos tomando uma posição de neutralidade. Nós não vamos apoiar nenhum dos dois candidatos. Estamos liberando os membros do MDB para votarem de acordo com a sua consciência”, disse Jucá.

Questionado se a decisão foi aprovada por Michel Temer, Jucá disse que se reuniu com o presidente, mas que a decisão era do partido.

“Eu conversei com a maioria do partido, com a maioria da executiva e conversei com o presidente Michel Temer. Ele aprovou a posição do partido. Não é uma decisão do presidente Temer, é uma decisão do partido”, disse.


Por; G1


0 comentários:

Postar um comentário