Publicidade
ESTE BLOG ESTÁ EM REFORMA. AGRADECEMOS A COMPREENSÃO.

Metralhadora usada por quadrilha em Salgueiro pode derrubar aviões

A metralhadora Browning ponto 50 é utilizada como arma antiaérea, terrestre e, também, naval. Foto: Cortesia

A quadrilha que tentou assaltar um avião de transportes de valores na manhã desta quarta-feira (26) em Salgueiro, Sertão de Pernambuco, possuía um armamento capaz de derrubar aviões e furar blindagens de carros-fortes. A ação da polícia, que terminou com a morte de cinco criminosos, também apreendeu seis fuzis AK 47, um fuzil FAL 762 e uma metralhadora Browning .50. Na semana passada, uma metralhadora do mesmo modelo foi apreendida pela Polícia Civil do Rio de Janeiro. Ela estava sendo negociada por R$ 200 mil para traficantes de uma comunidade da capital carioca e foi a maior arma já encontrada naquele estado.

Os criminosos mortos faziam parte de uma quadrilha altamente especializada. O grupo estava sendo investigado há cerca de três anos e era responsável por várias ações nos estados da Bahia e Pernambuco. No ano passado, uma tentativa de assalto a banco realizada por mais de 20 integrantes da quadrilha em Bom Jesus da Lapa, na Bahia, deixou um suspeito e dois policiais mortos.

A metralhadora .50, armamento mais potente utilizada pelo grupo, é de uso exclusivo das Forças Armadas pelo mundo. A arma é capaz de furar a blindagem de carro-forte e aeronaves e mede 1,68 metro e pesa 38 quilos. Ela dispara de 400 a 600 tiros por minuto, tendo uma precisão que alcança 1,5 quilômetro (km). A metralhadora Browning ponto 50 é utilizada como arma antiaérea, terrestre e, também, naval.

A preferência por essa arma baseia-se na sua versatilidade em combate, por causa da configuração de sua munição, que pode ser perfurante, explosiva, traçante (munição que contém uma pequena quantidade de fósforo que se incendeia durante o disparo com o objetivo de direcionar e iluminar o alvo. É usada para localizar o inimigo durante um ataque), incendiária e perfurante contra blindagem. Esse tipo de arma, com pequenas atualizações, continua sendo usada pelas Forças Armadas norte-americanas.

OP9

Comentários

Publicidade