sábado, 28 de abril de 2018

Humorista Agildo Ribeiro morre aos 86 anos no Rio de Janeiro

Agildo Ribeiro morreu neste sábado (28), aos 86 anos, em sua casa no Leblon, no Rio de Janeiro. Ele sofria de problemas cardíacos.

O humorista Agildo Ribeiro morreu neste sábado (28/4), aos 86 anos. Ele estava em casa, no Rio de Janeiro, e aguardava para fazer cirurgia para tratar problema vascular.

Conhecido como Capitão do Riso entre os colegas, Agildo da Gama Barata Ribeiro Filho teve longa carreira no teatro e na televisão, na qual passou pelas principais emissoras do país e participou de inúmeros programas humorísticos.

Entre as atrações que integrou, estão Mister Show, no qual contracenava com o ratinho de pano Topo Gigio, nos anos 1970; Balança, mas não cai; Planeta dos Homens, que durou de 1976 a 1982; e mais recentemente, Escolinha do Professor Raimundo.


Agildo criou diversos bordões que marcaram época. Um dos mais lembrados é "coisa horrosa", dito pelo personagem Aquiles Arquelau, especialista em mitologia graga que era sempre interrompido pelo assistente com uma campanhia quando começava a divagar demais sobre sua musa, a atriz Bruna Lombardi, que era apenas citada não quadro. Irritado com o assistente, disparava: "Múmia paralítica!".

O trabalho mais recente foi uma participação no Tá no Ar: a TV na TV, comandado por Marcelo Adnet. Ele estava longe da televisão desde 2016, quando deixou o Zorra Total.

Veja o perfil de Agildo Ribeiro no G1, em http://memoriaglobo.globo.com/perfis/talentos/agildo-ribeiro.htm

Correio Braziliense/Diário de Pernambuco e G1


0 comentários:

Postar um comentário