Publicidade

Baixa umidade no Interior de PE acende alerta da Apac

Há cidades no Sertão com índices de 11% com temperaturas próximas dos 40 graus

A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) emitiu novo alerta de baixa umidade do ar para o Sertão de Pernambuco. Segundo o órgão, foram registrados índices de 11% em Ibimirim e Serra Talhada no último dia 21 de novembro. Além dessas cidades, Ouricuri e Floresta registraram 12%, Cabrobó e Arcoverde tiveram 15%, Araripina, 16%, e Petrolina, 18%.

A previsão da Apac é que o Sertão deve permanecer com valores de umidade relativa do ar abaixo dos 20% com valores de temperaturas próximas dos 40ºC. Já na região do Agreste, os valores de umidade devem ficar abaixo dos 30% com temperaturas de até 38°C. No mesmo levantamento do dia 21, o município de Águas Belas estava com 14%, e Caruaru e Garanhuns registraram 24%.



A baixa umidade relativa do ar pode causar complicações alérgicas e respiratórias devido ao ressecamento de mucosas, sangramento pelo nariz, ressecamento de pele, irritação dos olhos, eletricidade estática nas pessoas e em equipamentos eletrônicos e aumento do potencial de incêndios em pastagens e florestas.

Nos locais com umidade abaixo de 12%, a Apac recomenda que sejam interrompidas todas as atividades, como aulas de educação física, coleta de lixo, entrega de correspondência, ao ar livre entre as 10h e as 16h; e que sejam suspensas atividades que exijam aglomerações de pessoas em recintos fechados como aulas, cinemas, etc., no mesmo horário. Durante as tardes, manter com umidade os ambientes internos, principalmente quarto de crianças, hospitais, etc.

Já para os locais com umidade entre 12% e 20%, é recomendável que sejam suprimidos os exercícios físicos e trabalhos ao ar livre entre as 10h e 16h, que se evite aglomerações em ambientes fechados e que se use soro fisiológico para olhos e narinas. Nos locais com umidade entre 20% e 30%, a Apac recomenda que se evite exercícios físicos ao ar livre entre as 11h e as 15h, que se umidifique o ambiente através de vaporizadores, toalhas molhadas, recipientes com água, molhamento de jardins, etc., além de consumir água à vontade e permanecer em locais protegidos do sol.

Do FolhaPE

Comentários

Publicidade