Publicidade

Mulher deixa carta para cuidarem da filha, atira em marido policial e se mata em Juazeiro do Norte (CE)

Enfermeira deixa carta com instruções para família. Segundo relato de amigos, casal passava por crise conjugal.Mulher disse em bilhete que havia R$ 2.700 para os caixões e contas. (Foto: Polícia Militar)

Uma enfermeira de 30 anos assassinou o marido e depois se matou na madrugada desta quarta-feira (16), em Juazeiro do Norte, na região sul do Ceará. Segundo informações da Delegacia Regional na cidade, o homem era um policial militar de 40 anos. A filha do casal, de 11 anos, foi trancada no banheiro durante toda a noite.

De acordo com informações da delegacia, a mulher deixou um bilhete na cena do crime, em que informa que há dinheiro para pagar os caixões, lista contas e pede para cuidar da filha. A polícia diz que a enfermeira esperou o marido dormir para efetuar o disparo.

O casal, segundo o relato de amigos à polícia, estava em crise devido a uma suposta traição do policial militar.

G1 CE

Comentários

Publicidade