sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Lucas Ramos discute privatização da Chesf em Cabrobó

Foto: Jaílson Alexandre

O deputado estadual Lucas Ramos (PSB) participou, nesta sexta-feira (26), de uma audiência pública realizada na Câmara de Vereadores de Cabrobó que debateu a proposta encampada pelo governo federal de privatizar as estatais do sistema elétrico brasileiro. O socialista, que preside a Frente Parlamentar em Defesa da Chesf na Assembleia Legislativa de Pernambuco, apresentou seu posicionamento pelo fortalecimento da Companhia e demonstrou preocupação com a utilização dos recursos do Rio São Francisco.

“Com a Chesf privatizada, não teremos a garantia de que as políticas públicas que promovem o uso múltiplo das águas do São Francisco para a irrigação, a pesca artesanal, o turismo e o abastecimento humano irão continuar atendendo a população”, disse o deputado. “A Companhia, que o presidente Temer insiste em colocar na prateleira de venda, foi construída com o trabalho de milhares de brasileiros para impulsionar o desenvolvimento da região Nordeste a partir da força do rio mais importante do Brasil e não deve ser utilizada como mercadoria”, acrescentou.

Em seu pronunciamento, Lucas reafirmou que a venda da estatal tem como objetivo diminuir o rombo nas contas públicas. “A Eletrobras, que tem a Chesf como uma de suas subsidiárias, é um patrimônio que precisa ser valorizado e não vendido apenas com o objetivo de cobrir os prejuízos da má gestão pública”, afirmou o deputado.

O parlamentar também destacou a importância do Rio São Francisco para Cabrobó, cidade que é o berço da transposição do Velho Chico. Na próxima segunda-feira, o Ministério da Integração Nacional abrirá as comportas da barragem de Terra Nova, permitindo a perenização do Riacho Grande e beneficiando duas mil famílias que ocupam uma área de 10.200 hectares. “Cabrobó volta a sonhar em receber investimentos para instalação de perímetro público irrigado, a exemplo do Fulgêncio, em Santa Maria da Boa Vista, e Brígida, em Orocó, buscando promover um grande projeto de irrigação que vai inserir o município no polo da fruticultura”, comemorou Lucas.

A audiência pública foi proposta pelo vereador João Pedro Novaes (PSD) e contou com a presença do deputado estadual Rodrigo Novaes (PSD); do prefeito de Cabrobó Marcílio Cavalcanti (PMDB); vice-prefeito Pedro Caldas (PT); dos vereadores Avanildo Lili (PRTB), Paulo Gonçalves (PT), Professor Nilson (SD), Tony Rocha (SD) e Karla Amando (PRP); do presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Cabrobó, Antônio de Nestor e dos caciques trukás Neguinho e Issô.

Assessoria de Imprensa deputado estadual Lucas Ramos


0 comentários:

Postar um comentário