quinta-feira, 12 de abril de 2018

Tacaratu vai contar com plano intermunicipal de resíduos sólidos


A Prefeitura de Tacaratu recebeu nesta quinta-feira (12) o Plano Intermunicipal de Resíduos Sólidos (PIRS). Elaborado por uma empresa de consultoria ambiental e projetos financiada pela Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (SEMAS) do Governo do Estado de Pernambuco e com apoio institucional do Ministério do Meio Ambiente do Governo Federal, o documento foi entregue durante um encontro que reuniu 22 cidades do sertão pernambucano. Realizado em Salgueiro, distante cerca de 230 Km de Petrolina, o evento serviu ainda para que os representantes dos municípios pudessem iniciar as discussões sobre o plano que pretende apoiar as prefeituras na destinação final dos seus resíduos sólidos.

Tacaratu teve como representantes, o prefeito José Gerson e o secretário-executivo de Infraestrutura, Sidney. De acordo com José Gerson, o recebimento do PIRS representa mais um passo rumo ao desenvolvimento sustentável de Tacaratu, onde a partir de agora poderá brigar por recursos do Governo Federal para investimentos nas áreas de limpeza urbana e tratamento de resíduos sólidos, de forma a organizar uma cadeia produtiva e gerar emprego e renda através da inclusão social”, destaca.

Ver fotos >> Lançamento do Plano intermunicipal de resíduos sólidos realizado em Salgueiro nesta quinta (12)

O PLANO
De acordo com a legislação, os municípios têm até 2021 para executar o Plano Intermunicipal de Resíduos Sólidos e, além de outras ações, transformar os lixões em aterros sanitários. O documento traz um panorama de cada região e aponta caminhos para a resolução de problemas relacionados à destinação de lixo hospitalar, material orgânico e reciclável, a exemplo da implementação de programas de coleta seletiva e reciclagem de lixo e outras ações de inclusão social e educação ambiental.

O PIRS foi dividido em agrupamentos no estado de Pernambuco. Petrolina está no de número 7 junto com as cidades sertanejas de Afrânio, Belém de São Francisco, Cabrobó, Carnaubeira da Penha, Cedro, Dormentes, Floresta, Itacuruba, Jatobá, Lagoa Grande, Mirandiba, Orocó, Parnamirim, Santa Maria da Boa Vista, São José do Belmonte, Serrita, Tacaratu, Terra Nova e Verdejante, Petrolândia e Salgueiro. Além de Petrolina, somente estas duas últimas possuem aterro sanitário.


Blog de Assis Ramalho
Ascom - Via Blog do Banana


0 comentários:

Postar um comentário