quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Subtentente da PM é assassinado durante tentativa de assalto; policial é 99º agente morto em 2017 no RJ

A vítima, de 53 anos, chegou a ser levada para o pronto-socorro, mas não resistiu aos ferimentos e morreu

Mais um policial militar morreu vítima da violência na manhã desta quinta-feira (24) no Rio de Janeiro. De acordo com o 7º BPM (São Gonçalo), o subtentente Mabel Sampaio estava chegando em casa, no bairro Paraíso, em São Gonçalo, quando foi abordado por um criminoso e reagiu.

A vítima, de 53 anos, chegou a ser levada para o pronto-socorro da Praça Zé Garoto, no Centro de São Gonçalo, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O policial foi atingido por seis tiros. Ele é o 99º policial militar morto somente este ano vítima da violência. Sampaio estava de folga quando foi morto.

Um parente do PM ouvido pelo G1 disse que a família não tinha conhecimento sobre qualquer ameaça sofrida pelo subtenente. "Estão falando que foi tentativa de assalto. Numa situação dessas, todo policial acaba reagindo para não acontecer nada demais. Ele era policial há muito tempo, e não era de ficar na rua, era conhecido e querido onde moramos. Ele sabia que a violência está em alta em Sao Gonçalo e não ficava 'dando mole'. O crime foi na porta de casa, pegou a gente, da família, de surpresa", disse ele.

PM morto na Baixada enterrado


No fim da manhã desta quinta, o corpo do PM Thiago Rodriguez da Silvafoi sepultado no cemitério Jardim da Saudade em Sulacap. Durante a cerimônia, muitos policiais se emocionaram e uma mulher precisou ser atendida por uma ambulância. O policial foi encontrado morto dentro de um carro depois de ser sequestrado na Baixada Fluminense.

G1


0 comentários:

Postar um comentário