quarta-feira, 23 de agosto de 2017

"A Chesf é do Nordeste", gritam funcionários no bairro do Bongi, no Recife (vídeo)


"A Chesf é do Nordeste!" foi o grito entoado, na manhã desta terça-feira (22), pelos funcionários da Eletrobras na sede da Chesf, no bairro do Bongi (Confira no vídeo abaixo). Eles são contra o anúncio do plano de privatização da empresa anunciado pelo ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, e pelo secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia (MME), Paulo Pedrosa, através de videoconferência. O ministro voltou a defender que a privatização da Eletrobras pode reduzir a tarifa de energia. Segundo ele, o ideia é que 14 usinas sejam entregues à iniciativa privada.
 
O Ministério de Minas de Energia vai encaminhar o plano de privatização da Eletrobras ao Conselho do Programa de Parceria de Investimentos (PPI) nesta quarta-feira (23) para análise.

Dentro do plano anunciado, uma questão vai beneficiar a Chesf: a descotizacão das usinas. Essa condição tinha sido imposta pela MP 579, na na época do governo Dilma Rousseff, e fez com que as usinas vinculadas à Chesf ganhassem menos pela energia gerada. Agora, a proposta é que a Chesf volte a receber pelo valor total, o que aumentará a receita da empresa no longo prazo. Tudo isso estará vinculado ao plano de privatização da Eletrobras.


Via Folha de Pernambuco


0 comentários:

Postar um comentário