sábado, 13 de agosto de 2016

Ensino superior estimula migração de jovens para outros Estados

Pesquisa da ULIVING Brasil traz um aumento do número de jovens que migram para cursar faculdade em outros estados

Pesquisa da ULIVING Brasil, especializada em residências para estudantes, aponta que a evolução do número de matrículas presenciais de 2011 até 2017 tem relação com o crescimento do número de ingressantes através do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), ou seja, quanto mais estudantes entram pelo ENEM, mais aumenta o público que se desloca para outras cidades, uma vez que as universidades são escolhidas de acordo com a pontuação. Em 2016, cresceu o número de jovens que fizeram matrículas em cursos presenciais, refletindo a disposição dos jovens em mudar de cidade e estado para cursar universidade pretendida.

Hoje, no Brasil não existe uma politica governamental de habitação voltada para atender essa demanda e os estudantes precisam improvisar em repúblicas ou até, locando um apartamento e arcando com despesas altas, onerando ainda mais o orçamento dos pais. Para resolver isso, Juliano Antunes e Celso Martineli fundaram a ULIVING Brasil empresa focada em desenvolver e administrar residências estudantis. Pelo modelo proposto pela ULIVING, o morador tem o conforto de uma casa com serviços similares aos oferecidos por um hotel no valor do aluguel.

Outro benefício que a ULIVING Brasil também traz aos jovens é a vida em comunidade. Segundo um Estudo sobre Desenvolvimento Adulto de Harvard que acompanhou a vida de 724 homens durante 75 anos, o segredo para felicidade está nos relacionamentos, que nos mantém felizes e saudáveis. “Na ULIVING formamos uma grande família para esses jovens que estão longe de casa, criamos salas de estudo inspirados em espaços de coworking, pois queremos incentivar a inovação e promover a integração entre os moradores. No valor pago mensalmente, estão incluídas as despesas com água, luz e internet WiFi. Disponibilizamos cozinha equipada e lavanderia coletiva. Todas as áreas comuns são espaços compartilhados e os quartos são totalmente mobiliados. Também há disponíveis serviços pay per use” – explica Juliano Antunes, CEO da ULIVING Brasil.

A proposta da empresa é proporcionar aos moradores um local de hospedagem e interação e, também, diminuir a preocupação dos pais, que se sentem seguros com o modelo oferecido pela ULIVING. Segundo a empresa, a troca de experiências, as amizades, o apoio e o espírito de união entre eles é algo que cresce com a convivência e traz benefícios mútuos, pois ajuda a superar os desafios do dia a dia longe da família. “Antes de executar nosso plano de residências estudantis, fizemos uma imersão no mercado europeu e americano para entender o modelo, e aplicá-lo no Brasil. Aqui temos um terreno fértil para crescer e os planos do governo para incentivar e promover a melhora da escolaridade entre a população é um bom incremento para a ULIVING”, conta Celso Martineli, VP de operações da empresa.

Na Europa e EUA, os estudantes vão para a faculdade e de lá criam startups ou tem ideias para novos modelos de negócios. A ULIVING pretende ser um agente fomentador para a criação de ideias e negócios interessantes também. A empresa começou com capital próprio e já recebeu um aporte de R$ 340 mil de investidores anjos. Hoje, com projetos em andamento com investidores e construtoras, a empresa tem a expectativa de que em cinco anos chegue a 5 mil camas em São Paulo, Rio de Janeiro e no interior paulista, e ainda tem planos de implantar essa ideia em outros estados.

Sobre a ULIVING Brasil - A ULIVING conta com dois prédios e um total de 133 camas - 63 em Sorocaba e 70 em São Paulo, na região da Bela Vista, e espera ampliar esse portfolio em cinco anos, para 5 mil camas. Criada em 2013, com a proposta de proporcionar aos moradores um local de hospedagem e interação com segurança e qualidade de serviços. A empresa começou com capital próprio e já recebeu um aporte de R$ 340 mil de investidores anjos, sua expectativa é de que em cinco anos atinja 5 mil camas na capital paulista assim como em outras regiões e estados.

Digital Trix Comunicação


0 comentários:

Postar um comentário