sábado, 16 de dezembro de 2017

Comissário da Polícia Civil é encontrado morto com tiro na nuca em Glória do Goitá-PE

Corpo da vítima foi achado no interior de um veículo às margens da rodovia PE-50

O comissário da Polícia Civil Fábio Alexandre Nunes da Silva, 42 anos, foi executado com um tiro na nuca na manhã deste sábado (16) às margens da rodovia PE-50, no município de Glória do Goitá, na Zona da Mata Norte de Pernambuco. O corpo do policial civil foi encontrado dentro de um veículo. A vítima trabalhava na Delegacia de Polícia Civil do município de João Alfredo, no Agreste de Pernambuco, e, segundo familiares, teria ido para a faculdade por volta das 18h da sexta-feira (15), mas não retornou para casa. Segundo o 21º Batalhão da Polícia Militar, o assassinato ocorreu por volta das 7h da manhã deste sábado, próximo ao Sítio Azeitona. O Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife foi contatado para atender à ocorrência por volta das 8h30. A Delegacia de Vitória de Santo Antão será responsável inicialmente pelo caso.

A Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) divulgou nota oficial sobre o caso, lamentando a morte do comissário. No texto, a PCPE informa que trabalha inicialmente com a possibilidade de latrocínio, que é o roubo seguido de morte, e que uma equipe da Divisão Especializada na Apuração de Homicídios (DEAH) junto aos peritos do IMl ainda trabalham no local do crime. Diligências e exames periciais estão sendo realizados.

"A PCPE lamenta profundamente a morte do policial civil Alexandre Nunes da Silva, ocorrida na manhã deste sábado (16/12), na zona rural do município de Glória do Goitá, zona da Mata de Pernambuco. As informações iniciais dão conta que Alexandre foi vítima de latrocínio. Uma equipe da Divisão Especializada na Apuração de Homicídios (DEAH), juntamente com peritos do IML ainda estão no local, realizando as primeiras diligências e exames periciais. A Polícia Civil voltará a se pronunciar quando as informações estiverem mais consolidadas", diz a nota da PCPE.

Diário de Pernambuco


0 comentários:

Postar um comentário