terça-feira, 14 de novembro de 2017

Visão Mundial inaugura escola de música gratuita em Recife; ONG busca voluntários para dar aulas às crianças

Com início em dezembro, a escola tem o objetivo de transformar a realidade de 60 crianças em situação de vulnerabilidade social através da iniciação musical (Foto: Visão Mundial/Divulgação)

A música é uma ferramenta que estimula diversas habilidades cognitivas e emocionais e aprender essa arte no período infantil pode impactar positivamente a coordenação motora e a concentração, entre outras áreas sensitivas da criança. Com objetivo de transformar a realidade de 60 crianças em situação de vulnerabilidade social através da iniciação musical, a ONG Visão Mundial, organização não-governamental humanitária especializada na proteção à infância, vai iniciar a escola de música no início de dezembro e busca voluntários que possam ensinar violão às crianças. Professores devem se inscrever através do link: http://bit.ly/EscolaDeMusicaVMB.

As aulas serão oferecidas para 60 crianças entre 10 a 14 anos de idade, com aulas de segunda à sexta-feira, nos três períodos (manhã, tarde e noite), divididas em duas turmas: uma direcionada para aulas de violão - ainda sem professores; e outra para aprender rabeca - que já conta com a instrução do professor Rodrigo Fernandes. Os dias e horários poderão ser negociados com a coordenação da escolinha. Os encontros vão acontecer na sede dos projetos da Visão Mundial em Recife, localizada na Rua das Flores, 75 - Guabiraba.

"Queremos despertar percepções e sentimentos nas crianças que fazem com que elas apreciem o que é bonito, mesmo vivendo uma realidade triste e também desenvolver talentos que elas não sabem que têm. As crianças precisam acreditar que elas podem enxergar um mundo diferente e a música é um meio para isso", conta Tales Ferreira, gerente dos projetos da Visão Mundial em Recife.

Além de estimular o desenvolvimento das habilidades das crianças através do contato com a música, a escola tem o objetivo de fortalecer e valorizar a música popular brasileira e a cultura local pernambucana. "Queremos criar a primeira orquestra de rabeca do Recife", afirma Tales.

O trabalho com música desenvolve as habilidades físico-cinestésica, espacial, lógico-matemática, verbal e musical. "Ao entrar em contato com a música, zonas importantes do corpo físico e psíquico são acionadas – os sentidos, as emoções e a própria mente. Por meio da música, a criança expressa emoções que não consegue expressar com palavras", afirma Sonia Regina Albano de Lima, diretora regional da Associação Brasileira de Ensino Musical (ABEM) em artigo publicado no site Música Plena.

A Visão Mundial já atua na comunidade de Guabiraba com atividades de práticas de leitura, nas terças e quintas, e atende cerca de 70 crianças entre 06 a 12 anos, ajudando no processo de alfabetização através de dinâmicas lúdicas e pedagógicas. A ONG também realiza o projeto Conexão Escola que conta com a parceria de 10 escolas da rede municipal do Recife com encontros quinzenais.

Sobre a Visão Mundial

Maior ONG humanitária do mundo, a Visão Mundial Brasil integra a parceria World Vision International, que está presente em cerca de 100 países. No País, a Visão Mundial atua desde 1975 em 10 estados, beneficiando 2,7 milhões de pessoas com projetos nas áreas de educação, saúde/proteção da infância, desenvolvimento econômico e promoção da cidadania. Seus projetos e programas têm como prioridade as crianças e adolescentes que vivem em comunidades empobrecidas e em situação de vulnerabilidade. Mais de 80 mil crianças são atendidas anualmente pela organização. Nesses 40 anos de atuação no Brasil, a Visão Mundial se consolida como uma organização comprometida com a superação da pobreza e da exclusão social - visaomundial.org.br

JB Press House


0 comentários:

Postar um comentário