sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Família procura por sargento da PM que desapareceu em Alagoas

Célio Cícero Valdemar, 50, está desaparecido desde a tarde de quinta (19), quando veio de Passo de Camaragibe para fazer compras em Maceió.

Polícia Civil está investigando o desaparecimento de Célio Cícero Valdemar, 50, que é sargento da Polícia Militar. A filha conta que Valdemar não dá notícias desde a tarde de quinta-feira (19), após ter vindo de Passo de Camaragibe, no Litoral Norte, para Maceió, para fazer compras.

Cíntia Karine Santos Faustino conta que veio com o pai para Maceió. Ele a deixou no bairro do Tabuleiro antes de seguir para um supermercado atacadista na mesma região.

“Nós fomos pela Cachoeira do Meirim. Ele me deixou às 14h30 no Tabuleiro e seguiu para o supermercado, onde compraria coisas para a padaria que nós temos. Meu pai disse que voltaria para casa às 16h, mas meia hora antes ligou para a menina que trabalha lá dizendo que não chegaria a tempo”, relata Cíntia.


Ainda segundo ela, a polícia rastreou a ligação e descobriu que Valdemar ligou para a funcionária enquanto ainda estava no supermercado. Depois disso, no entanto, ele não atendeu mais às ligações, que só caiam na caixa postal.

“Saí da faculdade às 22h e ele ainda não tinha aparecido. Minha mãe achava que ele tinha esperado para me levar para casa, e por isso não estranhou o sumiço em um primeiro momento. Desde então, nós o estamos procurando”, afirma a filha do PM.

Da última vez em que Cíntia viu o pai, ele estava usando calça jeans e uma camisa de cor vinho listrada na vertical. O veículo dele, um Gol preto de placa NLW-2572/AL foi visto pela última vez por câmeras de monitoramento da polícia, seguindo em direção a Flexeiras.

Valdemar é sargento em São Miguel dos Milagres. Ele também é evangélico e atua como presbítero da igreja Assembleia de Deus.

G1 AL

Quem tiver informações que possam levar ao paradeiro dele, pode entrar em contato com a família pelo telefone (82) 99161-0507.


0 comentários:

Postar um comentário