terça-feira, 19 de julho de 2016

Violência doméstica foi o combustível para realizar trabalhos voluntários com mulheres, diz Betth Ripolli

Betth é palestrante motivacional, empresária musical há 26 anos, pianista, compositora e comanda o programa semanal Sintonia, exibido pela ALLTV (Reprodução Facebook Betth Ripolli)

A exemplo de Luiz Brunet, a pianista paulista, Betth Ripolli, sofreu maus tratos do ex-marido, superou e há mais de 20 anos leva seu piano para eventos e palestras para dar uma mensagem para as mulheres de encorajamento e motivação montrando que a violência contra a mulher pode ser superada.

Betth estava se tornando uma mulher submissa, retraída, depressiva, em virtude de uma crise conjugal por conta de querer seguir uma carreira musical e não ter apoio do ex-marido. O que lhe rendeu uma artrite e depressão. Para vencer todos esses sintomas, recebeu a orientação de voltar a tocar piano. Faz shows beneficentes e empresariais.

“Tocar o coração de cada pessoa, especificamente, de cada mulher, é uma missão que assumi há mais de 20 anos em minha vida. Tocar em hospitais, levar mais vida para aquelas pessoas, me proporciona uma energia de muito valor”, comenta Betth Ripolli.

Sua carreira é composta por desenvolver palestras motivacionais que inspiram as pessoas a refletir sobre suas vidas. Ela se apresenta ao piano, acompanhada do Grupo Harmonia intercalando textos e música em que aborda técnicas de autoestima, pilares de sustentação para equilíbrio e bem-estar das pessoas, práticas motivacionais associadas a temas de autores consagrados. Como pano de fundo comenta sua própria história de superação de violência doméstica e como reverteu uma doença somatizada, em ousadias.

“Em dois anos de estudos fui convidada pelo Zimbo Trio para me tornar pianista profissional. Claro, isso se tornou um problema familiar e um pedido de separação. Rendeu violência doméstica em casa, a perda de todos os seus bens e a dor da ausência de seu filho que fiquei impedida de ver por um ano. Não me intimidei e dei a volta por cima, larguei o marido e abracei o piano para realizar meu sonho”, declara Ripolli.

Seu primeiro livro está sendo preparado com muito carinho justamente para atender a pedidos do público para compartilhar em letras e reminiscências o que aconteceu ao longo de sua vida.

Quem é Betth Ripolli

Hoje Betth é palestrante motivacional, empresária musical há 26 anos, pianista, compositora e comanda o programa semanal, do bem - SINTONIA pela ALLTV. Muito atuante, é engajada politicamente, realiza trabalhos sociais como voluntária e é participante ativa de diversas associações de “mulheres que fazem”, tais como MULHERES DO BRASIL, da empresária Luiza Helena Trajano, com mais de 1500 membros, REDE MULHER EMPREENDEDORA, maior rede feminina de networking da América latina, entre outros.

Por 20 anos, em mais de 12.000 apresentações musicais com seu casting, ela proporcionou bons momentos aos passageiros da TAM Linhas Aéreas, onde atuava em um programa musical no Rio, São Paulo e Recife. O que lhe rendeu uma das chamadas de seu CD na imprensa, como CD que tira medo de avião. Sua mensagem de vida – “ O mal é um bem deslocado”. Ela é prova disso!

Mais informações no site: betthripolli.com.br

Videos:
www.youtube.com/watch?v=R9Ak9Es1lrY
www.youtube.com/watch?v=ONXgcdwIgwM

Agência InfoBrasil/Ascom Betth Ripolli


0 comentários:

Postar um comentário