terça-feira, 2 de janeiro de 2018

Empresário é assassinado a tiros dentro de escritório em Patos-PB; primo demitido da empresa é apontado como suspeito, diz polícia

A vítima, Adalberto Júnior Filho, de 34 anos de idade, morreu na hora

Um primo do empresário de 34 anos que foi morto a tiros na manhã desta terça-feira (2), em Patos, foi conduzido pela Polícia Civil até a delegacia para prestar depoimento. Segundo o delegado Edson Pedroza, que investiga o caso, ele foi apontado como suspeito do crime pela família.

De acordo com o delegado, familiares relataram que o primo havia sido demitido recentemente da empresa administrada pela vítima. “Empresa era da família”, disse Pedroza. O primo foi levado para a delegacia, prestou depoimento e foi liberado ainda na manhã desta terça-feira.

O empresário, Adalberto Júnior Filho, foi morto dentro do escritório onde trabalhava, em um prédio comercial na cidade de Patos. Segundo informações da Polícia Civil, o homem estava conversando com um amigo, quando dois suspeitos entraram no local, usando capacete, anunciaram o assalto e começaram a atirar.


De acordo com o delegado, apesar de terem anunciado um assalto, os suspeitos não levaram nada da vítima. Além disso, todos os tiros foram direcionados ao empresário. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) ainda chegou a ser acionada, mas ao chegar no local o empresário já estava morto.

Por G1 PB


0 comentários:

Postar um comentário