quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Policial civil dá tiro no próprio braço durante curso de formação


Policiais civis em formação participaram de um treinamento de tiros nesta quarta-feira, na Academia da Polícia. Uma das alunas, 29 anos, se acidentou durante o exercício de avaliação e atingiu o próprio braço com um tiro. A informação foi confirmada pelo Sindicato dos policiais Civis (Sinpol).

Um aluno, que não quis se identificar, detalhou que a participante estava sendo avaliada e empunhava uma arma do modelo 24/7 Taurus quando perdeu o controle do objeto. "A arma era nova e deu uma rajada. Foram três tiros seguidos. Ela não empunhou a pistola de forma correta e, com o recuo, acertou no braço contrário", explicou. Ela estava acompanhada por dois instrutores. Ainda segundo a fonte, no local não havia equipe de bombeiro ou Samu para prestar o socorro. A policial foi levada para um hospital particular. O tiro atingiu apenas o músculo. Ela foi medicada e recebeu alta.

Em nota oficial, a assessoria da Polícia Civil informou que "está investigando a falha na arma que resultou no ferimento de uma aluna do curso de formação de policiais civis". Segundo a PC, a arma foi encaminhada para perícia e o caso registrado na Delegacia da Mustardinha para investigação. "A Polícia Civil ressalta que todas as armas passaram por manutenção no Comando de Operações e Recursos Especiais (CORE) da Polícia Civil antes de serem utilizadas na instruções da Academia de Polícia", conclui. Cerca de 90 alunos, entre delegados e policiais civis, estão participando do curso de formação no Recife.

Diário de Pernambuco


0 comentários:

Postar um comentário