terça-feira, 19 de setembro de 2017

Lula lidera todos os cenários para 2018, diz pesquisa CNT/MDA


Lula (PT): 20,2%
Jair Bolsonaro (PSC): 10,9%
João Doria (PSDB): 2,4%
Marina Silva (Rede): 1,5%
Geraldo Alckmin (PSDB): 1,2%
Ciro Gomes (PDT): 1,2%
Álvaro Dias (Podemos): 1,0%
Dilma Rousseff (PT): 0,7%
Michel Temer (PMDB): 0,4%
Aécio Neves (PSDB): 0,3%
Outros: 2,0%
Branco/Nulo: 21,2%

Apesar de pressionado e desgastado pela Operação Lava Jato, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera a corrida presidencial de 2018 em todos os cenários, segundo pesquisa CNT/MDA, divulgada nesta terça-feira (19). O estudo mostra também a consolidação do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), como segundo colocado. O tucano melhor avaliado é o prefeito de São Paulo, João Dória, que na espontânea para o primeiro turno figura em terceiro e na estimulada, em quarto.


O petista está na frente em intenções para primeiro turno tanto na pesquisa estimulada (varia de 32,0% a 32,7%) quanto na espontânea (20,2%). Dos 12 cenários de segundo turno pesquisados, aparece em cinco e lidera todos, variando de 39,8% a 41,8%. Na última edição da pesquisa, em fevereiro de 2017, o petista tinha 16,6% das intenções espontâneas. O aumento nos números é maior que a margem de erro da pesquisa, de 2,2 pontos percentuais.

Na segunda colocação da pesquisa espontânea está Bolsonaro, que subiu de 6,5% das intenções para 10,9%. Nas pesquisas estimuladas para primeiro turno, o parlamentar, na mesma posição, varia de 18,4% a 19,8%. Já para o segundo turno, dos 12 cenários, ele figura em cinco. Nestes, perderia para Marina Silva (Rede) e Lula, e venceria os tucanos Dória, Geraldo Alckmin e Aécio Neves.

“A intenção de voto para a eleição presidencial de 2018 indica manutenção da liderança de Lula em todos os cenários de primeiro e segundo turnos, enquanto Jair Bolsonaro se consolida na segunda posição. Nota-se, também, elevado percentual de rejeição individual para todos os pré-candidatos avaliados, com o potencial de rejeição de todos os pré-candidatos ultrapassando 50%”, destaca a CNT.

Na avaliação da CNT, a pesquisa demonstra que a eleição está aberta para um nome de alta respeitabilidade não ligado ao meio político, podendo ser da área judiciária, médica ou empresarial.

Na espontânea, ainda são lembrados a ex-presidente Dilma Rousseff (PT), por 0,7%, o atual presidente Michel Temer (PMDB), por 0,4%; o ex-ministro Ciro Gomes (PDT), por 1,2%; O senador Álvaro Dias (Podemos), por 1,0%. A cerca de um ano até o pleito, o quantitativo de indecisos ainda é alto (37,0%), assim como os que pensam em votar branco e nulo, 21,2%.

Foram ouvidas 2.002 pessoas, em 137 municípios de 25 Unidades Federativas, das cinco regiões, entre os dias 13 e 16 de setembro. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais com 95% de nível de confiança.

1º turno: Intenção de voto espontânea

Lula (PT): 20,2%
Jair Bolsonaro (PSC): 10,9%
João Doria (PSDB): 2,4%
Marina Silva (Rede): 1,5%
Geraldo Alckmin (PSDB): 1,2%
Ciro Gomes (PDT): 1,2%
Álvaro Dias (Podemos): 1,0%
Dilma Rousseff (PT): 0,7%
Michel Temer (PMDB): 0,4%
Aécio Neves (PSDB): 0,3%
Outros: 2,0%
Branco/Nulo: 21,2%
Indecisos: 37,0%

1º turno: Intenção de voto estimulada

CENÁRIO 1: Lula 32,4%, Jair Bolsonaro 19,8%, Marina Silva 12,1%, Ciro Gomes 5,3%, Aécio Neves 3,2%, Branco/Nulo 21,9%, Indecisos 5,3%.
CENÁRIO 2: Lula 32,0%, Jair Bolsonaro 19,4%, Marina Silva 11,4%, Geraldo Alckmin 8,7%, Ciro Gomes 4,6%, Branco/Nulo 19,0%, Indecisos 4,9%.
CENÁRIO 3: Lula 32,7%, Jair Bolsonaro 18,4%, Marina Silva 12,0%, João Doria 9,4%, Ciro Gomes 5,2%, Branco/Nulo 17,6%, Indecisos 4,7%.

2º turno: Intenção de voto estimulada

CENÁRIO 1: Lula 41,8%, Aécio Neves 14,8%, Branco/Nulo: 39,6%, Indecisos: 3,8%.
CENÁRIO 2: Lula 40,6%, Geraldo Alckmin 23,2%, Branco/Nulo: 31,9%, Indecisos: 4,3%.
CENÁRIO 3: Lula 41,6%, João Doria 25,2%, Branco/Nulo: 28,8%, Indecisos: 4,4%.
CENÁRIO 4: Lula 40,5%, Jair Bolsonaro 28,5%, Branco/Nulo: 27,0%,Indecisos: 4,0%.
CENÁRIO 5: Lula 39,8%, Marina Silva 25,8%, Branco/Nulo: 31,3%, Indecisos: 3,1%.
CENÁRIO 6: Jair Bolsonaro 28,0%, Geraldo Alckmin 23,8%, Branco/Nulo: 40,6%, Indecisos: 7,6%.
CENÁRIO 7: Marina Silva 28,4%, Geraldo Alckmin 23,6%, Branco/Nulo: 41,5%, Indecisos: 6,5%.
CENÁRIO 8: Jair Bolsonaro 32,0%, Aécio Neves 13,9%, Branco/Nulo: 46,4%, Indecisos: 7,7%.
CENÁRIO 9: Marina Silva 33,6%, Aécio Neves 13,0%, Branco/Nulo: 47,3%, Indecisos: 6,1%.
CENÁRIO 10: Jair Bolsonaro 28,5%, João Doria 23,9%, Branco/Nulo: 39,2%, Indecisos: 8,4%.
CENÁRIO 11: Marina Silva 30,5%, João Doria 22,7%, Branco/Nulo: 39,9%, Indecisos: 6,9%.
CENÁRIO 12: Marina Silva 29,2%, Jair Bolsonaro 27,9%, Branco/Nulo: 36,7%, Indecisos: 6,2%.

Diário de Pernambuco


0 comentários:

Postar um comentário