sábado, 19 de agosto de 2017

Sertão do Pajeú recebe conjunto de obras hídricas do Governo do Estado

Ações executadas pela Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária somam R$ 4,5 milhões em investimentos (Foto: Divulgação/SARA)

Cumprindo agenda administrativa na Região do Pajeú, o Governador Paulo Câmara e o Secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Nilton Mota, acompanhados dos Prefeitos Adelmo Moura de Itapetim; Tânia, de Brejinho; Evandro Valadares, de São José do Egito; Vandinho de Danda, de Santa Terezinha, demais Prefeitos, Vereadores e lideranças da região, além do Secretário de Habitação Kaio Maniçoba; do Secretário de Transportes Sebastião Oliveira; dos Deputados Estaduais Romário Dias e Rogério Leão; do Presidente da Compesa Roberto Tavares; e do Secretário Executivo da Casa Civil, Marcelo Canuto, entregaram obras hídricas e assinaram ordens de serviço para garantir água de qualidade nas casas de moradores da zona rural, bem como para a produção de alimentos e a criação de animais. Mais de 5 mil pessoas nos municípios de Brejinho, Itapetim, São José do Egito e Santa Terezinha foram beneficiadas com sistemas simplificados de abastecimento e autorização para a construção de barragens.

Em Brejinho, as obras incluíram a inauguração de um sistema simplificado para atendimento às comunidades de Muçambê e Caldeirão, com investimento de R$ 862.278,49, beneficiando 650 pessoas. Também foi emitida ordem de serviço para construção de três barragens nos sítios Mulungu, Degredo e Caldeirão. Haverá ainda a implantação de um sistema adutor com extensão de três quilômetros na comunidade de São Miguel, para abastecimento humano e produção rural.

Em Itapetim, será construído um sistema simplificado para as localidades de Sítio Serrinha, Sítio Maniçoba, Sítio Recanto, Cacimba de Pedra e Aroeira, no valor de R$ 450 mil, beneficiando cerca de 375 pessoas. Além do equipamento, três barragens serão implantadas nos sítios Logradouro, Poço Escuro e São Vicente, atendendo a 1,5 mil pessoas.

As comunidades de Mulungu, Bom Nome e Mandim, em São José do Egito, receberam um sistema de abastecimento, com somas superiores a R$ 1,2 milhão, beneficiando 900 pessoas. Outros dois equipamentos serão construídos em Santa Terezinha, contemplando os moradores de Sítio Alves, Sítio Barriguda, Sítio Macaco e Sítio Pedra D’água. “Pernambuco vem fazendo a diferença, apesar do momento de crise. São ações de grande impacto social na vida dessas pessoas, que antes sofriam com a escassez de água. Símbolo do compromisso do Governador com a população que mais precisa”, pontuou Nilton Mota.

Assessoria de Imprensa SARA-PE


0 comentários:

Postar um comentário