sábado, 8 de outubro de 2016

CBHSF inicia preparativos para apoiar Fiscalização Preventiva Integrada em Minas Gerais

FPI em Juazeiro, na Bahia (Foto: Divulgação)

A Fiscalização Preventiva Integrada (FPI), iniciativa considerada como uma das mais eficazes no combate aos crimes ambientais na região do Velho Chico, deverá chegar a Minas Gerais em 2017. Com o apoio do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), o trabalho começa a ser preparado na próxima segunda-feira (10.10), quando acontece reunião de planejamento na capital mineira. O trabalho é desenvolvido pelo Ministério Público (MP) dos Estados da bacia do rio São Francisco e conta com a participação de diversos órgãos policiais e ambientais.

A reunião acontecerá durante todo o dia, na agência delegatária do Comitê, a AGB Peixe Vivo, em Belo Horizonte (MG), e contará com a apresentação da promotora Luciana Khouri, sobre a experiência do programa desenvolvido pelo MPE da Bahia; o modelo de integração entre o Ministério Público Estadual e o Federal, com vistas à FPI em Sergipe; e os procedimentos administrativos para viabilizar o trabalho em Minas Gerais.

Desde o ano passado, o CBHSF reforçou a rubrica orçamentária para contribuir com as ações da FPI nos estados da bacia do São Francisco. O apoio do colegiado foi fundamental para estender o trabalho, antes realizado apenas na Bahia, para Alagoas e Sergipe, ainda este ano, em 2017, para Minas Gerais. Também faz parte do planejamento do Comitê apoiar as ações com vistas à FPI em Pernambuco.

ASCOM Assessoria de Comunicação do CBHSF


0 comentários:

Postar um comentário