quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Pernambuco lança a segunda versão do Plano Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional

Plano prevê programas e ações voltadas a fortalecimento da agricultura familiar, oferta de alimentos a estudantes, trabalhadores e pessoas em vulnerabilidade alimentar. 

Pernambuco é o primeiro estado brasileiro a lançar a segunda versão do Plano Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional. A apresentação do programa aconteceu na tarde da última terça-feira (12), no Centro de Convenções do hotel Portal de Gravatá, no agreste nordestino. Representando o governador Paulo Câmara, o secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Cloves Benevides, apontou o compromisso em construir as bases necessárias para a execução do plano.

“Fica aqui o primeiro compromisso em reorganizar o funcionamento da Suasan para dar a nossa câmara melhores condições de atuação. Pernambuco foi o primeiro estado a apresentar o seu plano de segurança alimentar, o primeiro a apresentar a segunda versão e eu quero que, em um tempo muito breve, nós sejamos o estado que tenha o melhor índice de cumprimento dos seus planos”, afirmou. “Esse deve ser o nosso maior compromisso. Garantir alimentação de qualidade e em quantidade de maneira acessível, contínua e perene, socialmente responsável e que respeite aquela que é a diretriz do controle social, aquela que é obrigação dos governos: cumprir bem a função das políticas públicas”, destacou Cloves.

Para compor a mesa de lançamento da edição, estiveram presentes, além do secretário Cloves Benevides, o secretário nacional do Ministério da Justiça, Coronel Humberto Viana, a presidente da Adagro, Erivânia Camelo, que representou o secretário de Agricultura, a secretária da Mulher, Silvia Cordeiro, o secretário executivo da Secretaria de Educação, Ednaldo Moura, o representante do Ministério do Desenvolvimento Social, Hélcio Magalhães, a presidente da Consea, Zênia Tavares, e a secretária executiva da Suasan, Mariana Suassuna.

Coordenando o comitê técnico que desenvolveu o Plano, Mariana Suassuna agradeceu a participação das 13 secretarias e nove órgãos envolvidos no projeto, além dos profissionais que estiveram à frente da execução da edição. “O momento é muito especial, pois desde 2015 estamos construindo esse processo e vê-lo pronto para lançar é uma emoção enorme. Ele é resultado de um grande esforço conjunto da Caesan/PE que contou com grande apoio do Consea. Essa tarefa representou o verdadeiro exercício da intersetorialidade, transversalidade, integração e participação”, ressaltou.

Plano - Aprovado por decreto em novembro de 2017, o documento prevê programas e ações relacionados à segurança alimentar e nutricional dentro da perspectiva do fortalecimento da agricultura familiar, da oferta de alimentos a estudantes, trabalhadores e pessoas em vulnerabilidade alimentar, da construção de medidas de enfrentamento à estiagem e convivência com o semiárido no Estados, da garantia de educação para segurança alimentar e nutricional, além do direito humano à alimentação adequada.

SEI-PE


0 comentários:

Postar um comentário