quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Flamengo é recordista de vices na Copa do Brasil. Penta, Cruzeiro iguala a coleção do Grêmio



A Copa do Brasil tem dois novos recordistas. Com a vitória do Cruzeiro nos pênaltis (5 x 3) sobre o Flamengo nesta quarta-feira, após 0 x 0 no tempo normal, o time celeste alcança o Grêmio em número de conquistas do torneio — cinco para cada um. Derrotado pela quarta vez em uma decisão da competição nacional, o time rubro-negro assume passa a ter sozinho a maior coleção de vices. Antes, tinha três, ao lado do Grêmio. O clube carioca perdeu duas finais para o Cruzeiro (2003 e 2017), uma para o Santo André (2004) e outra contra o Grêmio (1997).

O Cruzeiro fez uma campanha de supercampeão. Eliminou quase todos os times derrotados por ele em finais da Copa do Brasil: São Paulo (2000), Palmeiras (1996), Grêmio (1993) e Flamengo (2003 e 2017). Parecia até truque do destino.

O clube mineiro chega a nove conquistas nacionais. Iguala a coleção do Santos. Além dos cinco títulos da Copa do Brasil (1993, 1996, 2000, 2003 e 2017), o time tem tricampeonato no Brasileirão (2003, 2013 e 2014) e uma Taça Brasil (1966).


Acabou a abstinência de Mano Menezes. O último título à frente de clubes havia sido em 2009, justamente na Copa do Brasil, pelo Corinthians. Por sinal, a escola gaúcha de técnicos aumenta sua dinastia no torneio. Agora, são 11 títulos: quatro de Luiz Felipe Scolari (1991, 1994, 1998 e 2012), dois de Mano Menezes (2009 e 2017), dois de Renato Gaúcho (2007 e 2016), um de Tite (2001), um de Valmir Louruz (1999) e um de Cláudio Duarte (1989).

O Cruzeiro é o 11º time classificado para a Libertadores de 2018. Além da Raposa, estão confirmados na próxima edição da competição: Boca Juniors, River Plate, Estudiantes, Racing e Banfield, da Argentina; The Strongest e Bolívar, da Bolívia; Universidad de Chile; Atlético Nacional, da Colômbia; e Melgar, do Peru.

Globo Esporte


0 comentários:

Postar um comentário