sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Em Petrolina, Lucas Ramos reforça posição contrária à privatização da Chesf


A Câmara de Vereadores de Petrolina promoveu, na manhã desta quinta-feira (14), uma audiência pública para debater os efeitos que a privatização da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco pode provocar na região. No evento, o deputado estadual Lucas Ramos (PSB), presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Chesf na Assembleia Legislativa de Pernambuco, demonstrou posicionamento firme contra o processo de venda da estatal.

Em seu pronunciamento, Lucas chamou a atenção para a inexistência de diálogo por parte do Governo Federal, o que definiu como marca do presidente Michel Temer. “Apresentamos nossa preocupação com a situação dos servidores da companhia diante da falta de transparência com que o assunto é tratado pelo ‘desgoverno’ Temer e alertamos para os riscos que a venda de um patrimônio dos brasileiros representa para a população, que pode sofrer com o aumento da tarifa de energia e ver o potencial do Rio São Francisco nas mãos da iniciativa privada”, disse o parlamentar. O Ministério de Minas e Energia, que está à frente da iniciativa de privatização, não enviou representantes para a audiência.

A utilização dos recursos fornecidos pelo rio também mereceu a atenção do deputado, preocupado com preservação do São Francisco e atento ao papel que ele desempenha para a economia da região. “Com o controle total das águas e de seus usos nas mãos de empresários, não temos a garantia de que ações voltadas ao abastecimento, à agricultura familiar e irrigada, por exemplo, serão vistas como prioridade. O São Francisco tem uma função social que o Estado não pode dispensar”, cravou.

Lucas salientou que o Governo Federal prevê arrecadar R$ 20 bilhões com a venda do Sistema Eletrobras, montante que seria utilizado para amenizar o rombo nas contas públicas que, só neste ano, está previsto em R$ 159 bilhões. “Querem que a população assuma os erros de uma gestão ineficiente e incapaz de gerir um país do tamanho do Brasil”, afirmou. “Nossa posição é clara: dizemos não à privatização da Chesf!”, reforçou o deputado.

Participaram da audiência os deputados Isaltino Nascimento (PSB), Rodrigo Novaes (PSD) e Odacy Amorim (PT), que integram a Frente Parlamentar. Também marcaram presença o Sindicato dos Urbanitários de Pernambuco, Sindicato dos Eletricitários da Bahia, CUT, Movimentos dos Atingidos pelas Barragens, movimentos sociais e vereadores de municípios da região.

Assessoria de Imprensa deputado estadual Lucas Ramos


0 comentários:

Postar um comentário